14 de August de 2020

Cisco atualiza portfólio de rede baseada em intenção para entregar automação mais inteligente

A Cisco anunciou nesta semana durante o Cisco Live! novas soluções de rede baseada em intenção para ajudar a otimizar as operações de redes empresariais. As inovações, afirma a Cisco, buscam simplificar a automação, além de fornecer insights de TI e de negócios, permitindo mais agilidade às equipes de TI, liberando-as para assumir funções mais estratégicas.

“No mundo atual em constante mudança, é crucial que a rede da empresa esteja em sintonia com suas metas estratégicas, seja dando suporte e protegendo a força de trabalho remota, acelerando a expansão para a nuvem ou impulsionando a transformação dos negócios”, afirma Scott Harrell, vice-presidente sênior e gerente geral da divisão Intent-based Networking da Cisco. “Com este anúncio, a Cisco está ajudando a TI a implementar rapidamente capacidades avançadas de rede e segurança ao simplificar e automatizar a segmentação e a segurança baseada na nuvem em larga escala”, complementa.

As atualizações da Cisco em automação incluem inovações no Cisco SD-WAN. Agora, ele passa a oferecer segurança nativa da nuvem por meio da integração com o Cisco Umbrella, a fim de fornecer às empresas uma proteção maior contra os principais ataques cibernéticos a partir de acessos à SaaS e à internet.

De acordo com a Cisco, o Cisco SD-WAN unificado com o Cisco Umbrella tem rápida implementação e é fácil de usar, ao mesmo tempo em que propicia uma experiência de usuário otimizada e maior segurança. Outras inovações no SD-WAN incluem suporte à multicast, voz integrada e comunicações unificadas.

CIO2503

E-book por:

Logo HPE

Outra nova adição está no Cisco User-Defined Networks. Com a atualização, a equipe de TI pode dar aos usuários finais o controle sobre sua própria rede sem fio por meio do Cisco DNA Center. “Os usuários finais conseguem conectar seus dispositivos com segurança e também controlar quais dispositivos podem ser conectados a sua “partição” pessoal de rede utilizando o app User Defined Network”, explica a Cisco.

A Cisco também está expandindo os insights para dispositivos que antes não eram monitorados. A segmentação de rede – o ato de dividir a rede em partes menores para melhorar o desempenho e a segurança – costuma ser uma tarefa difícil, especialmente em ambientes com um ecossistema crescente e diversificado de dispositivos de IoT.

A nova solução AI Endpoint Analytics identificará dispositivos antes desconhecidos em larga escala e, então, usará várias fontes contextuais e inteligência artificial para agrupá-los logicamente. “Com essas informações, a TI pode criar uma base para políticas automatizadas e escaláveis”, explica a companhia.

IoT para prevenir contágio da covid-19

A Cisco também anunciou que a plataforma de serviços de localização interna da Cisco, Cisco DNA Spaces, está ganhando novas capacidades para ampliar a visibilidade e fornecer informações às empresas que buscam manter espaços físicos seguros.

O Cisco DNA Spaces for Return to Business cobre ferramentas de análise histórica e em tempo real, criadas para ajudar as empresas a monitorar os espaços de trabalho a fim de cumprir as diretrizes de distanciamento social. Segundo a Cisco, os clientes podem usar apps integrados para monitorar, em tempo real, a densidade de pessoas nos prédios e analisar como eles estão sendo utilizados.

A plataforma apresenta o primeiro recurso de IoT-as-a-Service indoor do mercado, com access points de WiFi-6 para ajudar os clientes a implementar, com rapidez e eficiência em termos de custos, aplicações internas de IoT em larga escala. O Cisco DNA Spaces simplifica a ativação, a configuração e o gerenciamento de um grande número de dispositivos de IoT, incluindo suporte para dispositivos conectados por Bluetooth (BLE).

“Graças ao vasto ecossistema de parceiros da Cisco, o Cisco DNA Spaces permite rastreamento de ativos, monitoramento do ambiente para proteção do pessoal, utilização do espaço, localização de salas e outros casos de uso nos setores de saúde, escritórios, varejo, educação, indústria e hospitalidade”, explica a companhia.

As inovações no Cisco DNA Center e no Cisco DNA Spaces anunciadas agora serão disponibilizadas na metade do ano de 2020. As inovações no Cisco SD-WAN já estão disponíveis.

Article source: https://cio.com.br/cisco-atualiza-portfolio-de-rede-baseada-em-intencao-para-entregar-automacao-mais-inteligente/

Speak Your Mind

*