9 de December de 2019

Certificações profissionais em TI impulsionam a carreira – INFOR CHANNEL – O ponto de encontro da comunidade de TI

É certo que a área de Tecnologia da Informação e Telecomunicações -TIC, é um oásis no cenário geral de empregos no Brasil, que contabilizou mais de 13 milhões de desempregados em março último. No entanto, os profissionais de tecnologia precisam responder às evoluções e demandas do mercado. E a forma mais eficiente é investir na qualificação, que na maioria das vezes é traduzida por meio de certificações alcançadas.

Não é por acaso que a Hays, empresa especializada em recrutamento, em sua pesquisa Análise de Tendências Salários do Brasil 2019 – que entrevistou 2,6 mil pessoas – apontou que os cargos voltados às práticas de data science, data analytics, engenharia de dados, digital labs e digital transformation estão entre os mais valorizados no segmento de TI. E o que eles têm em comum? Uma alta especialização.

“O mercado exige dos profissionais preparados, que tenham agilidade, criatividade e capacidade analítica e de planejamento”, garante o professor Nilson Ramalho, CIO na Faculdade Impacta Tecnologia. E um dos caminhos que as áreas de recursos humanos utilizam para validação do conhecimento e filtro para distinção na área de TIC, é por meio das certificações em diversas tecnologias.

Ramalho lista as certificações mais solicitadas, que vão de Agile Scrum Master Certified, ITIL Certification, Certified Mobile and Web Application, ICS Certified Specialist, PMI e PMO, DevOps Professional e Data Science Certified, até as de plataformas como AWS, Cisco CCNA, VMware VCP Cloud, Oracle e Linux.

Cloud merece o destaque (veja destaque), como admite o professor Cristiano Uniga, coordenador acadêmico do MBA em Business Process Management Transformation da FIAP, porque “as certificações mais promissoras são as voltadas para as tecnologias que fazem parte da transformação digital, como as que envolvem a nuvem”. Ele também lista outras especializações como a de segurança da Certified Information Security Manager e as de rede da CCNP (Cisco Certified Networking Professional) e CompTIA Network+.

As mais valorizadas
Se as certificações voltadas para Cloud estão no topo da ‘cadeia alimentar’, quais estão logo abaixo? Intrinsecamente ligada à plataforma da nuvem, a transformação digital e tudo que está ligado a ela é protagonista nesse cenário. Afinal, se estas habilitações são a parte técnica, a gestão de TI é o outro componente, representada por ITIL, Cobit e os Belts, entre outras.

Se a habilitação na nuvem passa por um boom, outras seguem com uma demanda certa e atemporal. “Certificações como a CCNP, a IEEE e as de Linux tendem a ser constantes e estão há muito tempo no mercado”, elenca Uniga, da FIAP.

Um desses fatores constantes, o Linux, tem seus defensores ferrenhos. Uma pesquisa da Red Hat Academy com instrutores apontou que 91% deles concordam que o programa torna os alunos mais preparados para a indústria, e 89% que os seus estudantes sejam bem-sucedidos no mundo da transformação digital. “As habilidades para trabalhar com sistemas abertos colocam os alunos em uma posição favorável para ter mais sucesso em suas carreiras”, afirmou Jim Whitehurst, presidente e CEO da Red Hat.

De acordo com os entrevistados nesta reportagem, as certificações mais indicadas para quem está no início da carreira, são as da ITIL Foundation, Linux+ CompTIA e RHCE, da Red Hat. Os profissionais de nível intermediário – que desejem focar em gestão – devem buscar qualificação em PMP, os Belts e Six Sigma e, também, em plataformas de Cloud, e em segurança. Já os sêniores devem investir em Togaf Foundation e Professional; Cobit e nos Belts. E, claro, certificações com o nível professional sempre são valorizadas pelo grau exigido.

Difícil decisão
Com tanta diversidade é até complicado fazer escolhas, porém uma coisa é certa: a remuneração de um profissional certificado tende a ser de 16% a 30% maior em mercados competitivos, como os de países desenvolvidos. Em países em desenvolvimento, a exemplo do Brasil, a taxa é de 60% superior. Existem mais oportunidades nos setores financeiro, de telecomunicações e de serviços (consultoria), portanto, são verticais que tendem a intensificar a procura por mão de obra qualificada.

O perfil esperado do profissional de TIC vem, ao longo dos anos, passando por alterações. Antigamente, o esperado era um profissional extremamente técnico onde características como: relacionamento, visão 360º, comunicação etc, aquilo que podemos chamar de soft skills (habilidades, competências interpessoais), não tinham um peso relevante na contratação.

“Atualmente, entretanto, as empresas buscam profissionais de TIC que consigam suportar tanto a demanda técnica quanto profissionais hábeis em compreender o ambiente ao qual pertencem. Logo, estas soft kills auxiliam muito no processo de seleção”, complementa Uniga, da FIAP.

Preparado ou preparada para enfrentar o processo de uma certificação? Pois saiba que elas duram, em média, de três a seis meses de estudo e dedicação, embora os mais básicos levem poucas semanas. Mas, claro, o tempo é relativo de acordo com o nível que se deseja alcançar e a experiência que possui. Bem como, a variação do grau de dificuldade; algumas provas são fáceis, enquanto outras requerem até mesmo o apoio de cursos preparatórios específicos. (veja tabela). E mesmo o custo é variável. A pessoa pode desembolsar de US$ 500 até US$ 8 mil. Contudo, muitas companhias oferecem incentivos financeiro, para que seu profissional conquiste uma certificação que seja do seu interesse.

Outra certeza: o mercado de TIC está em constante mutação e exige do ecossistema a mesma dinâmica – e muito mais. É extremamente importante que o profissional saiba em que momento está na carreira e ter um roadmap de onde deseja chegar. “Identifique e avalie quais certificações serão importantes para cada estágio do seu desenvolvimento, bem como o potencial máximo das tecnologias que escolheu como carreira, quais serão os próximos passos e certificações a serem conquistadas”, aconselha Ramalho, da Impacta. Em resumo, uma certificação – ou várias – direciona e estabelece carreiras.

Especializada em Cloud
No Brasil, se multiplicam as empresas que oferecem treinamentos focados em computação em nuvem. Uma das habilitadas ao treinamento específico da Google Cloud Platform, divisão do Google que disponibiliza serviços na nuvem, é a Matza Education, cuja oferta iniciada em fevereiro deste ano é voltada para as certificações Google Associate Cloud Engineer, Google Professional Cloud Architect e Google Professional Data Engineer.

E a oferta da companhia tende a crescer. “À medida que mais instrutores da nossa equipe forem capacitados, ampliaremos o leque de ofertas, com a adição também de conteúdo online ao vivo e EAD Gravado”, completa Marco Carvalho, CEO da companhia. Fundada em 2014, com a criação da unidade Matza Education, a empresa investiu R$ 1 milhão na capacitação de sua equipe e na criação das ofertas locais de treinamentos, entre elas o credenciamento como Authorized Training Partner GCP (Google Cloud Platform).

E lá vem as EdTechs
Se o mercado de TI no Brasil passa por uma constante transformação na especialização profissional, a forma como aprendemos também está em ponto de mutação. Depois das FinTechs, as novas financeiras digitais, e das Insurtechs, as seguradoras virtuais, chegou a hora das EdTechs, as empresas de educação totalmente digitais.

”O desenvolvimento de novas inteligências artificiais e as habilidades humanas caminharão juntas e serão colaborativas. Por isso que o mercado das EdTechs experimentou um crescimento tão súbito nos últimos anos”, afirma Marc Puškarić, diretor geral da Bertelsmann no Brasil, empresa alemã que investe em mídia, serviços e em educação. Não por acaso existem 360 empresas com o perfil, ou próximo do modelo, das EdTechs, de acordo com a ABStartups – Associação Brasileira de Startups.

Repórter Marcus Ribeiro, para edição de julho de 2019 da revista Infor Channel

Article source: https://inforchannel.com.br/2019/07/13/certificacoes-profissionais-amparam-crescimento-na-carreira/

Speak Your Mind

*