15 de December de 2018

Redes: Afinal o que é o endereço MAC (Mac address)

Na área das redes informáticas existem muitas tecnologias, termos e conceitos. Ao longo de vários artigos o Pplware tem vindo a disponibilizar alguma informação nesta área de modo a que os nossos seguidores possam dominar alguns conceitos.

Hoje o nosso desafio é explicar o que é um endereço MAC (Mac address).

Afinal o que é o Mac address

Quando falamos em endereço físico estamo-nos a referir ao endereço MAC (Media Access Control) que é composto por 48 bits (12 caracteres hexadecimais). Numa LAN, uma vez que o meio físico é partilhado por todas as máquinas e estas trocam tramas (PDU da camada 2 do modelo OSI) entre si, o endereço MAC é que identifica a máquina de destino.

Formato de um endereço físico

  • I/G (Individual/Group) – corresponde ao bit que indica que se trata de um endereço MAC individual, se o valor for 0, ou a um endereço broadcast ou multicast se o valor for 1.
  • G/L (Global/Local) – corresponde ao bit que indica que se trata de um endereço MAC de âmbito global (ex. administrado pelo IEEE) ou localmente (ex. DECnet);
  • OUI – Identificador unívoco, atribuído pelo IEEE a cada fabricante.
  • Identificador – identificador da interface em si.

O endereço MAC é único no mundo para cada placa de rede (apesar de existirem ferramentas que possibilitam a alteração do mesmo), e é mantido na memória ROM , sendo posteriormente essa informação copiada para a memória RAM aquando da inicialização da placa. Há várias formas de representar um endereço MAC:

  • 00-22-18-FB-7A-12
  • 0022.18FB.7A12
  • 00:22:18:FB:7A:12

Onde o endereço MAC é usado?

  • Vamos considerar que o PC-A com o endereço IP: 192.168.0.1 quer comunicar com o PC-B que tem o endereço IP: 192.168.0.3 (os PCs estão na mesma rede).
  • O PC-A verifica a sua tabela ARP (podem ver esta informação através do comando arp –a) para saber se já existe alguma informação relativamente ao endereço físico do PC-B. Caso exista, esse endereço é usado na trama para chegar ao PC de destino.
  • Caso o PC-A não tenha qualquer informação na tabela ARP do PC-B, o protocolo ARP envia uma mensagem de broadcast (para o endereço FF:FF:FF:FF:FF:FF) a “questionar” (ARP Request) a quem pertence o endereço IP (neste caso o endereço IP do PC-B).
  • OPC-B responderá à mensagem ARP enviada pelo PC-A, enviando o seu endereço físico. O PC-A guardará essa informação na sua tabela ARP (que fica guardada na memória RAM do PC). Assim, quando quiser voltar a contatar o PC-B, uma vez que já sabe o seu endereço físico, já pode comunicar “direto” com este. No caso da presença de um switch na rede, este também terá uma tablela com os endereços MAC dos equipamentos e indicação da porta onde estão ligados (mostraremos num próximo artigo).

Esperamos que tenham percebido a utilidade dos endereços físicos MAC que são diferentes dos endereços lógicos IP. Caso tenham alguma dúvida ou complemento para o artigo, deixem nos comentários.

Article source: https://pplware.sapo.pt/tutoriais/networking/redes-afinal-endereco-mac-mac-address/

Speak Your Mind

*