20 de September de 2021

Cisco anuncia compromisso de zerar o balanço de emissões de gases de efeito estufa até 2040

A Cisco anunciou nesta quinta-feira, 9, que está comprometida a zerar as emissões de gases causadores do efeito estufa em todas as suas atividades até 2040, dez anos antes do que os cientistas do clima preveem como o marco para se chegar ao nível zero de emissões e evitar impactos piores da mudança climática. A meta da companhia em se tornar Net Zero será suportada por metas ambiciosas de curto prazo, como a de zerar todas as emissões diretas e indiretas (escopo 1 e 2) até 2025.

Os demais compromissos de curto prazo se estendem ainda ao escopo 3, que são as emissões indiretas, não pertencentes ou não controladas pela organização, entre elas as provenientes da cadeia de suprimentos e até do uso dos produtos e descarte das embalagens. Os resultados dessa categoria serão publicados assim que finalizados, no fim de 2021. As metas de redução de gases de efeito estufa da Cisco seguirão os pactos globais de Clima e Ciência mais recentes e  serão reportados no Relatório Anual de Impacto da Responsabilidade Social Corporativa da empresa.

Este é mais um marco importante na jornada da Cisco para impulsionar um futuro inclusivo para todos. Os esforços para promover esse propósito incluem investimentos e iniciativas relacionadas à eliminação da exclusão digital, o avanço da justiça social, a construção de ecossistemas parceiros de impacto e a definição e realização de metas ambiciosas de sustentabilidade, como o compromisso Net Zero.

“Os efeitos devastadores dos desastres climáticos nos últimos tempos não poderiam ser um sinal mais claro da necessidade urgente de abordar, agora, a questão da mudança climática”, comenta Fran Katsoudas, Vice-Presidente Executiva de Pessoas, Propósito e Políticas da Cisco. “Como uma empresa líder global de tecnologia, devemos ajudar a estabelecer o padrão para práticas sustentáveis e apoiar os nossos clientes, parceiros e fornecedores nos seus esforços para reduzir também o seu impacto sobre o meio ambiente”.

A Cisco tem atingido metas de redução de GEE (gases de efeito estufa) em suas instalações e em toda a cadeia de suprimentos desde 2008. Entre as diversas estratégias da empresa para se chegar ao Net Zero, estão:

*Continuar aumentando a eficiência energética dos produtos, através do desenvolvimento de produtos cada vez mais inovadores.

*Acelerar a utilização de energias renováveis.

*Adotar o trabalho híbrido.

*Investir em soluções de neutralização de carbono.

*Incorporar ainda mais os princípios da sustentabilidade e economia circular nos negócios.

Há mais de 15 anos, a Cisco trabalha para um futuro sustentável, reduzindo as emissões e resíduos, construindo produtos mais eficientes e estabelecendo e atingindo metas ambiciosas.

Desde 2008, a Cisco estabeleceu e atingiu uma série de objetivos, a cada cinco anos, para reduzir as nossas emissões de GEE diretas e indiretas. O atual objetivo de reduzir essas emissões em 60% até o final do Ano Fiscal 2022 (comparado ao Ano Fiscal 2007, que foi a base) é aprovado pela iniciativa Science Based Target (SBTi), e já está em andamento para ser cumprido.

A Ciscoatingiu 100% de energia renovável em vários países do mundo e continua trabalhando para atingir o objetivo de utilizar a energia gerada a partir de fontes renováveis em pelo menos 85% de sua energia global até o fim do Ano Fiscal 2022.

Para as emissões de escopo 3 (indiretas não pertencentes à organização), em 2019 a Cisco estava um ano à frente do estabelecido pelas autoridades globais para evitar 1 milhão de toneladas métricas de CO2 em sua cadeia de suprimentos através de uma série de iniciativas – tais como a utilização maior de transporte marítimo, novos designs para embalagens de produtos e a implementação de gerenciamento de energia nos contratos de parceiros de manufatura. A empresa estabeleceu, então, um novo objetivo para reduzir as emissões de GEE relacionadas ao escopo 3 em 30% até o Ano Fiscal de 2030 (em comparação com o Ano Fiscal de 2019).

A Cisco está empenhada em desenvolver e gerir seus produtos e embalagens para reutilização, manutenção e eficiência de recursos. Está atuando para que 100% dos novos produtos e embalagens já incorporem os Princípios de Design Circular até 2025. A empresa também continua melhorando seu serviço de produtos e programas de reutilização, apoiando o compromisso de reembolso de 100% dos produtos, feito pelo CEO Chuck Robbins na Reunião Anual do Fórum Econômico Mundial em 2018 como parte da PACE (Platform for Accelerating the Circular Economy).

Article source: https://tiinside.com.br/09/09/2021/cisco-anuncia-compromisso-de-zerar-o-balanco-de-emissoes-de-gases-de-efeito-estufa-ate-2040/

Speak Your Mind

*