20 de September de 2021

Womcy e Cisco Networking Academy, Programa CiberEducação Cisco Brasil – Inforchannel

O Learn-A-Thon é uma maratona de conhecimento em Cibersegurança e uma competição entre as academias e instrutores NetAcad, com o objetivo de motivar mais estudantes a acelerarem o processo de aprendizado e participarem de uma jornada de profissionalização neste segmento. O programa visa também recrutar alunos para a 3ª fase do programa que oferecerá bolsas de estudo para a profissionalização em Cibersegurança.

A Womcy, com o propósito de reduzir a falta de profissionais e potencializar a diversidade em Cibersegurança no Brasil e por toda a América Latina, renova a participação da sua academia no Learn-A-Thon Brasil 2021, após a sua primeira participação em 2020. Segundo a Líder da Womcy no Brasil, Andréa Thomé, “Poder proporcionar às voluntárias, voluntários e membros da Womcy a oportunidade de participar das maratonas de aprendizado da Cisco Networking Academy, por intermédio da academia Womcy, é algo que nos deixa muito satisfeitos nesta jornada de empoderamento da mulher e da busca pela melhoria contínua no segmento de Cibersegurança. Não só pela oportunidade de lhes prover cursos gratuitos e de alta qualidade elaborados pela Cisco, mas também por poder observar o interesse e evolução de nossa comunidade em programas educacionais, que em 2021 são nossa prioridade. Em 2020 formamos mais de 120 profissionais e neste ano queremos mais!”.

Como afirma Leticia Gammill, Presidente e Fundadora da Womcy, “incentivar a diversidade em Cibersegurança é prioridade da Womcy. Programas de formação em Cibersegurança que promovem a educação e certificação como um caminho para iniciar e progredir na carreira, aumentam a probabilidade de atrair outras mulheres para o segmento. A Cisco Networking Academy, através do Learn-A-Thon, está executando exatamente o que o mercado demanda, ajudando a suprir a necessidade de mais especialistas nesse segmento que conta com a falta de quase 4 milhões de profissionais em todo o mundo.”

Entusiasmado com a nova fase do programa educacional, Gabriel Bello Barros, líder do Cisco Networking Academy no Brasil, afirmou: “Temos trabalhado na Cisco para construir um futuro inclusivo para todos e o Programa CiberEducação tem um papel muito importante para dar oportunidade para que jovens de todo o País possam ingressar em um segmento em constante crescimento, que é o de Cibersegurança. Para nós a parceria com a Womcy é super importante, já que nos ajudará a alcançar umas das nossas principais missões, que é estimular a inclusão das mulheres no mercado de trabalho em TI”.

As informações sobre o programa CiberEducação e o Learn-A-Thon Brasil 202 estão disponíveis pelo link: http://www.netacadlearnathon.com/projects/brasil-2021/.
Para participar da maratona pela academia WOMCY, os interessados devem se inscrever pelo link https://www.netacad.com/portal/web/self-enroll/m/course-353864

América Latina Women in Cybersecurity

Cisco Networking Academy

Gabriel Bello Barros

Leticia Gammill

Programa CiberEducação Cisco Brasil

WOMCY


Cadmus est com inscries abertas para programa de Novos Talentos


Deep Learning acelerado por GPU da Nvidia pode detectar sinais precoces de Alzheimer


Mercado mundial de aplicativos empresariais vai movimentar US$ 334 bi em 2025


Cadmus est com inscries abertas para programa de Novos Talentos


Deep Learning acelerado por GPU da Nvidia pode detectar sinais precoces de Alzheimer


Mercado mundial de aplicativos empresariais vai movimentar US$ 334 bi em 2025


Pure Storage nomeia Charles Giancarlo como novo Diretor Presidente


ONG abre curso de tecnologia exclusivo para meninas


Escola de programao oferece 20 mil vagas gratuitas para aprender HTML e CSS


Pure Storage nomeia Charles Giancarlo como novo Diretor Presidente


ONG abre curso de tecnologia exclusivo para meninas


Escola de programao oferece 20 mil vagas gratuitas para aprender HTML e CSS

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.


Edio do ms

Leia nesta edição:

Leia nessa edio sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edio sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edio sobre setorial | sade

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edio sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 – Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Article source: https://inforchannel.com.br/2021/03/01/womcy-e-cisco-networking-academy-programa-cibereducacao-cisco-brasil/

Cisco abre inscrições para programa de capacitação gratuita em segurança cibernética


Convergência Digital – 03/02/2021

A Cisco do Brasil está lançando uma nova etapa do Programa CiberEducação, que oferece capacitação profissional em segurança digital. A iniciativa, que combina os esforços da estratégia de aceleração digital “Cisco Brasil Digital e Inclusivo” e a oferta educacional do programa global de responsabilidade social Cisco Networking Academy, está com inscrições abertas entre 1 de fevereiro a 8 de março.

Realizado de forma 100% remota, o CiberEducação conta com quatro fases, iniciando com uma maratona de conhecimento, o Learn-A-Thon, em março. O objetivo é estimular e capacitar alunos no curso exploratório do Networking Academy, “Fundamentos de Cibersegurança”. Aberta aos alunos das academias Cisco participantes e o público em geral, esta etapa será uma maratona de aprendizado autodidata com duração de três semanas e sua finalização é pré-requisito para os melhores alunos concorrerem às 1.300 bolsas gratuitas para cursos profissionalizantes, oferecidas pela Cisco e seus parceiros.

Além do Learn-A-Thon, o programa CiberEducação tem mais as seguintes fases:.

Capacitação Profissionalizante de Alunos: 1.300 estudantes selecionados do Learn-A-Thon serão capacitados no curso profissionalizante CCNA 1, focado em redes, e no ”Network Security”, que prepara para carreiras especializadas em segurança de infraestrutura. Esta fase também incluirá formações complementares em conjunto com parceiros educacionais do Cisco Networking Academy.

Capacitação de Instrutores: o programa também incluirá a formação de professores no novo curso Network Security. Este curso irá substituir o atual CCNA Security. O objetivo desta fase é criar uma cadeia sustentável de educadores brasileiros em Segurança Cibernética, onde os instrutores atuarão como multiplicados de conteúdo da Networking Academy nas suas instituições.
   
Oportunidade de Estágio e Emprego: na última fase os melhores alunos poderão colocar em prática os conhecimentos adquiridos. Os melhores talentos terão acesso a um programa de estágio ou emprego, posições que serão oferecidas por parceiros e clientes Cisco.

Formando a próxima geração de profissionais de segurança digital

O Programa CiberEducação, que  conta com parceiros estratégicos: Centro Paula Souza, Senai Nacional, Escola de Comunicações do Exército Brasileiro e SENAC Minas Gerais, tem o objetivo de ampliar o número de profissionais capacitados para o mercado de trabalho na área de cibersegurança, uma das que mais crescem e que mais ofertam novas vagas no país.

A primeira onda de formação, lançada em julho de 2020 atingiu mais de 17 mil estudantes de todo o país, que participaram da maratona do conhecimento. A fase final formou 513 estudanes nos programas profissionalizantes de cibersegurança. Os 100 melhores alunos da turma de 2020 vão ganhar um voucher integral para aplicarem à prova de certificação CyberOps Associate. Ao todo, mais de 80 academias Cisco Networkng Academy de 20 Estados participaram do Programa CiberEducação.

“Temos trabalhado na Cisco para construiur um futuro inclusivo para todos e o Programa CiberEducação tem um papel muito importante para dar oportunidade para que jovens de todo o país possam ingressar em um segmento em constante crescimento, que é o de cibersegurança. Ficamos muito satisfeitos em contribuir com a inclusão de milhares de estudantes que já passaram pelo nosso programa no ano passado e com os próximos que chegarão nesta nota etapa”, afirma Gabriel Bello Barros, líder do Cisco Networking Academy no Brasil. 

O estudantes interessados pelo Programa CiberEducação podem buscar as academias do Cisco Networking Academy ou inscrever-se pelo site: https://community.cisco.com/t5/documentos-de-geral/programa-cibereducação-cisco-do-brasil/ta-p/4279701

Enviar por e-mail
    
Versão para impressão:  


10/09/2021


Avast diz que 19,3 mil apps Android expõem dados de usuários


10/09/2021


Microsoft alerta sobre falha de segurança no Office


09/09/2021


PF prende hacker acusado de fraudar o Auxílio Emergencial


08/09/2021


Apple recua de backdoor nos celulares e adia rastreamento de abuso infantil


02/09/2021


Alvo do “pior ataque cibernético do país”, STJ alerta que digitalização exige segurança


31/08/2021


Brasil exporta 3 famílias de malware que roubam dados financeiros do celular


31/08/2021


GSI quer criptografia por hardware e direito ao esquecimento em nuvens do governo


26/08/2021


Ataques cibernéticos: Governo dos EUA cobra responsabilidade do setor privado


26/08/2021


Com nuvem em prioridade, gastos com segurança em TI vão crescer 12% em 2021


26/08/2021


Dataprev decide formar 3,2 mil funcionários em segurança de dados

Article source: https://www.convergenciadigital.com.br/Carreira/Cisco-abre-inscricoes-para-programa-de-capacitacao-gratuita-em-seguranca-cibernetica-56021.html?UserActiveTemplate=mobile%2Csite

Cisco faz megaevento online e apresenta novidades – Inforchannel

Começou ontem (30/3) e termina amanhã o evento virtual Cisco Live!, que está reunindo clientes e parceiros da Cisco de mais de 200 países e territórios em todo o mundo. O tema do encontro é Turn IT Up e conta com palestras dos principais executivos da Cisco, incluindo o presidente e CEO Chuck Robbins, bem como palestras sobre inovação, laboratórios práticos e sessões de liderança e educação técnica. Além disso, os participantes podem esperar performances musicais interativas de ícones como Keith Urban, The Killers e Brittany Howard, e participações de celebridades de Bill Nye, Billie Jean King, Serena Williams e outros.

“Estamos em um momento único em que podemos moldar o futuro à nossa frente e, para isso, precisamos da tecnologia certa para formar a base”, disse Chuck Robbins, presidente e CEO da Cisco. “Com a inovação que estamos entregando esta semana, nossos clientes em todo o mundo não só serão capazes de se conectar, proteger e automatizar o futuro da TI, mas também aproveitar a tecnologia para realmente alimentar um futuro inclusivo para todos”, comentou.

A visibilidade além da rede corporativa é cada vez mais crítica à medida que as equipes de tecnologia aceleram a adoção de soluções de SaaS, Internet e Nuvem para estratégias de trabalho híbridas. No evento, a Cisco anunciou a integração da ThousandEyes Internet e solução de inteligência em Nuvem com o portfólio de comutação Cisco Catalyst 9000 e Cisco AppDynamics Dash Studio, apresentando a primeira oferta corporativa de observabilidade de stack completa em toda a empresa.

A aceleração do trabalho híbrido e da transição para a Nuvem aumentou a complexidade do gerenciamento de redes e segurança em uma superfície de ataque em expansão, com usuários, dispositivos, aplicativos e dados. A fabricante anunciou que simplificou as operações de rede e segurança com uma arquitetura expandida Secure Access Service Edge (SASE), com capacidade de adquirir todos os componentes principais em uma única oferta e a flexibilidade de fazer uma transição fácil para um serviço de assinatura unificado no futuro. A Cisco também revelou inovações para a plataforma nativa da Nuvem SecureX, oferecendo proteção completa do endpoint à Nuvem.

Os clientes precisam de mais opções nos tipos de soluções e na forma como as compram e consomem. Assim, a Cisco anunciou práticas mais simples de TI e compras com o novo Cisco Plus, uma solução completa e flexível como serviço. O Cisco Plus não é apenas hardware como serviço ou software como serviço – o Cisco Plus está focado em resultados e experiências e fornecerá maior velocidade, agilidade e escala aos clientes. O Cisco Plus também incluirá soluções para Networking-as-a-Service (NaaS), que unificará a rede, a segurança e a capacidade de observação em domínios de acesso, WAN e Nuvem para oferecer uma experiência incomparável.

Por quase 60 anos, a senha tem causado dores de cabeça para usuários e administradores de TI. As senhas são facilmente comprometidas e difíceis de gerenciar, custando às empresas bilhões de dólares anualmente. Assim, o Cisco Secure introduziu a autenticação sem senha e agnóstica de infraestrutura do Duo, permitindo que os usuários ignorassem a senha e se conectassem com segurança aos aplicativos em Nuvem por meio de chaves de segurança ou biometria da plataforma. A autenticação sem senha Duo faz parte da plataforma de confiança zero, com dispositivos em camadas e controles de monitoramento de comportamento para fortalecer ainda mais a segurança de login.

Serviço
www.cisco.com

Chuck Robbins

Cisco

Cisco Live!

evento virtual

Nuvem

segurança


Boom global no mercado ilegal para certificados falsos de vacinas


Parceria com startups e programas de inovao fomenta crescimento de empresas


Nova sede da ABB privilegia o trabalho hbrido e a sustentabilidade


Boom global no mercado ilegal para certificados falsos de vacinas


Parceria com startups e programas de inovao fomenta crescimento de empresas


Nova sede da ABB privilegia o trabalho hbrido e a sustentabilidade


Visa e Banco Neon lanam servio que permite selfie para confirmar compras online


Aeroportos devem aumentar uso de Analytics, diz Unisys



Visa e Banco Neon lanam servio que permite selfie para confirmar compras online


Aeroportos devem aumentar uso de Analytics, diz Unisys


Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.


Edio do ms

Leia nesta edição:

Leia nessa edio sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edio sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edio sobre setorial | sade

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edio sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 – Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Article source: https://inforchannel.com.br/2021/03/31/cisco-faz-megaevento-online-e-apresenta-novidades/

Cisco apresenta Webex para trabalho e evento híbridos – Inforchannel

A Cisco anunciou nesta terça-feira (8/6) uma nova suíte Webex projetada para atender as demandas de trabalhos e eventos híbridos inclusivos, oferecendo níveis superiores ​​de flexibilidade e personalização para todos. Segundo a empresa, as reuniões futuras devem incluir pelo menos um participante remoto. Este modo misto de trabalho (combinando interações remotas e presenciais) está alimentando implicações duradouras na cultura de trabalho, envolvimento em eventos e tecnologia. Isso requer um investimento mais amplo – além da sala de conferência tradicional – para fundamentalmente reimaginar os novos requisitos de eventos híbridos e uma força de trabalho híbrida.

“O negócio de colaboração da Cisco é incrivelmente essencial para nossos clientes”, disse Chuck Robbins, CEO da Cisco. “Com todas as integrações que a equipe adicionou – 800 novos recursos e dispositivos desde setembro – realmente temos a solução mais abrangente de gerenciamento de reuniões, chamadas, mensagens e eventos do mercado, potencializando o futuro do trabalho híbrido.”

O novo Webex Suite é um pacote para trabalho híbrido que combina reuniões, chamadas, mensagens, enquetes e eventos em uma oferta até 40% mais barato do que o serviço à la carte. A nova identidade e logotipo Webex revelados foram reinventados para refletir o propósito e o valor que o Webex traz para o mercado, seus clientes e a vida das pessoas.

Trata-se uma plataforma completa de execução e gerenciamento de eventos necessária na próxima era de eventos híbridos. Recursos completos para experiência de evento ponta a ponta em escala estarão disponíveis após a conclusão da aquisição da Socio labs, uma plataforma de tecnologia de eventos, pela Cisco. O pacote traz ferramentas de interação com o público, como pesquisas, questionários, perguntas e respostas e muito mais, fornecidas pelo Slido, uma solução de engajamento do público a ser integrada em todas as experiências de colaboração. A votação já está disponível em Reuniões e em breve estará em Eventos.

Inteligência

Inteligência de áudio é outro recurso, permitindo a remoção de ruídos e o aprimoramento de fala já presente na plataforma Webex. Os usuários terão a nova capacidade de otimização de fala para espaços de trabalho remotos e compartilhados por meio do My Voice Only para eliminar o ruído de fundo, incluindo a fala de pessoas ao fundo e focar exclusivamente no discurso do orador principal. O My Voice Only estará disponível mundialmente em agosto de 2021.

O People Focus, anunciado no início deste ano, está chegando ao Webex em 2021. Ele usa Machine Learning (ML) e IA para reorganizar individualmente os participantes da reunião que estão espalhados por uma sala de reunião, permitindo que os participantes remotos se sintam mais conectados e todos dentro da reunião para se beneficiar de ver a linguagem corporal, expressões faciais e muito mais.

O recurso Webex Desk oferece um poderoso dispositivo de colaboração tudo-em-um projetado para a mesa de trabalho ou em casa. Experiências de colaboração imersiva também estarão disponíveis com interações de toque modernas via RoomOS que conecta fluxos de trabalho com menos troca de contexto, bem como a plataforma Webex Assistant Skills, que abre um universo de extensões acionadas por voz para integrar mais controles, conteúdo e aplicativos de maneira fácil e contínua para dispositivos Webex.

A prevenção contra perda de dados em tempo real para Webex, que bloqueia e remove automaticamente informações confidenciais, estará disponível no Messaging. Com esta prevenção contra perda de dados em tempo real, os usuários são proibidos de publicar conteúdo classificado, em vez de editar ou excluir conteúdo depois de publicado. Os usuários também se beneficiarão das opções reforçadas de criptografia de ponta a ponta, incluindo a identidade verificada.

Serviço
www.cisco.com

Cisco

colaboração

IA

ML

trabalho híbrido

videoconferência

WebEx


Boom global no mercado ilegal para certificados falsos de vacinas


Parceria com startups e programas de inovao fomenta crescimento de empresas


Nova sede da ABB privilegia o trabalho hbrido e a sustentabilidade


Boom global no mercado ilegal para certificados falsos de vacinas


Parceria com startups e programas de inovao fomenta crescimento de empresas


Nova sede da ABB privilegia o trabalho hbrido e a sustentabilidade


Extreme Networks lana soluo Wi-Fi 6E de nvel empresarial


Infosys lana plataforma de comrcio omnicanal baseado em Nuvem


Chega ao mercado a nova plataforma de gmeo digital Autodesk Tandem


Extreme Networks lana soluo Wi-Fi 6E de nvel empresarial


Infosys lana plataforma de comrcio omnicanal baseado em Nuvem


Chega ao mercado a nova plataforma de gmeo digital Autodesk Tandem

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.


Edio do ms

Leia nesta edição:

Leia nessa edio sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edio sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edio sobre setorial | sade

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edio sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 – Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Article source: https://inforchannel.com.br/2021/06/08/cisco-apresenta-webex-para-trabalho-e-evento-hibridos/

Cisco apresenta o Vidcast, ferramenta para compartilhamento de vídeos – Inforchannel

A Cisco anunciou nesta terça-feira (3/8) o Vidcast, uma solução de mensagem de vídeo assíncrona, que dá aos usuários a liberdade de manter sua própria programação e, ao mesmo tempo, garantir comunicação e colaboração eficazes em toda a equipe. O Vidcast usa vídeos gravados e compartilháveis ​​instantaneamente para reduzir as distrações e eliminar a necessidade de alinhar os horários entre os fusos horários, abrindo espaço para um fluxo de trabalho ininterrupto e uma comunicação mais cuidadosa. Uma lista de espera para o teste beta do Vidcast está aberta para inscrições. Após o teste beta, o Vidcast estará disponível em um nível gratuito, bem como um nível premium, desbloqueando recursos e capacidades aprimorados para clientes do Webex Suite.

Com as reuniões virtuais tendo um crescimento exponencial nos últimos 18 meses, muitos estão enfrentando agendas sobrecarregadas e desafios ao tentar se conectar com equipes ou clientes que estão em reuniões consecutivas localizadas em todo o mundo. Com o Vidcast, os usuários podem transmitir suas mensagens de maneira eficaz e sucinta – seja fornecendo atualizações do projeto com colegas, revisando e respondendo a uma proposta ou compartilhando planos de aula com os alunos – por meio de vídeo gravado e instantaneamente compartilhável para obter o feedback necessário para manter a conversa e manter seu bem-estar ao longo do dia.

O Vidcast oferece aos usuários uma ferramenta completa de gravação e edição de vídeo para compartilhar mensagens de vídeo do apresentador e sua tela sem a necessidade de uma reunião ao vivo. É possível ter um feedback em tempo real, rastreando as visualizações e adicionando reações com emojis ou postando comentários.

Há ferramentas de navegação avançadas para encontrar facilmente e pular para momentos relevantes com navegação de miniaturas, capítulos e links de salto. Um repositório de conteúdo de conhecimento permite organizar, distribuir e gerenciar o acesso a vídeos, bem como reprodução automática na velocidade de 1,2x e opções de legenda oculta para permitir revisão rápida.

Inovação

O Vidcast é o primeiro produto proveniente do Webex Leap, o novo programa acelerador da Cisco, projetado para trazer à tona ideias inovadoras e trazer ainda mais inovações de produto para o Webex Suite. O Webex Leap se baseia na rica cultura e história de inovação da Cisco e se concentra em ajudar os clientes do Webex a se manterem à frente da concorrência. A Cisco planeja lançar vários projetos Webex Leap todos os anos, em áreas como Inteligência Artificial, aprendizado de máquina, inovações assíncronas adicionais e novas formas de colaboração.

“Na era atual de trabalho híbrido, empresas e indivíduos estão cada vez mais buscando novas maneiras de resolver problemas e se comunicar globalmente. Estamos entusiasmados em revelar o Vidcast para atender diretamente a essa necessidade, eliminando as restrições de fusos horários ou horários conflitantes”, disse Jeetu Patel, vice-presidente executivo e gerente geral da Cisco Security and Collaboration. “As melhores ideias e inovações podem vir de qualquer lugar dentro de uma organização, e o Webex Leap oferece uma avenida para nossos funcionários experimentarem e expressarem seu espírito empreendedor”, comentou.

O Vidcast e outras inovações do Webex Leap irão em breve reforçar ainda mais o Webex Suite, permitindo aos trabalhadores e alunos remotos e híbridos experiências de colaboração flexíveis e contínuas. Desde setembro de 2020, o Webex by Cisco trouxe mais de 800 novos recursos e dispositivos ao mercado. Os interessados ​​no teste beta do Vidcast podem entrar na lista de espera em vidcast.io/waitlist.

Serviço
www.cisco.com

Cisco

Ferramenta

Vidcast

Vídeo

WebEx

Webex Leap


Boom global no mercado ilegal para certificados falsos de vacinas


Parceria com startups e programas de inovao fomenta crescimento de empresas


Nova sede da ABB privilegia o trabalho hbrido e a sustentabilidade


Boom global no mercado ilegal para certificados falsos de vacinas


Parceria com startups e programas de inovao fomenta crescimento de empresas


Nova sede da ABB privilegia o trabalho hbrido e a sustentabilidade


Dell EMC lana soluo hiperconvergente de Data Protection para empresas de mdio porte e escritrios remotos



Suse colabora com Intel e SAP para acelerar a transformao de TI


Dell EMC lana soluo hiperconvergente de Data Protection para empresas de mdio porte e escritrios remotos


Suse colabora com Intel e SAP para acelerar a transformao de TI

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.


Edio do ms

Leia nesta edição:

Leia nessa edio sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edio sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edio sobre setorial | sade

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edio sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 – Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Article source: https://inforchannel.com.br/2021/08/03/cisco-apresenta-o-vidcast-ferramenta-para-compartilhamento-de-videos/

Cisco redesenha a infraestrutura da Internet para suportar um futuro mais inclusivo – Inforchannel

A Cisco anunciou durante o evento Cisco Live!, que começou ontem (30/3) e termina amanhã, sua estratégia para ajudar os provedores de serviços de comunicação e empresas de grande escala da Web em todo o mundo a se conectar, proteger e automatizar suas redes para oferecer uma Internet mais robusta e acessível a todos, em qualquer lugar, independentemente das limitações geográficas.

Vivendo na pandemia, pessoas, empresas, governos e comunidades passaram a contar com o poder da conectividade para manter o mundo funcionando. A Internet deixou de ser apenas um item obrigatório e se tornou uma tábua de salvação para que quase todos se conectem às informações e uns aos outros.

A videoconferência disparou quando as pessoas foram forçadas a trabalhar em casa para o aprendizado on-line. Junto com serviços remotos de saúde, streaming de vídeo, jogos e muito mais, o tráfego da Internet aumentou de 25% a 45% em muitas regiões do mundo.

A Cisco prevê que isso é apenas um vislumbre do volume de tráfego que veremos na era 5G, com 29,3 bilhões de dispositivos conectados esperados em 2023. A arquitetura da Internet precisa de cuidado e atenção contínuos para apoiar este cenário futuro, com mais de três bilhões de pessoas ainda sem acesso à Internet, uma exclusão digital contínua em curso, com muitas pessoas sem acesso a informações vitais, ao aprendizado e às oportunidades. Portanto, a necessidade de transformar a forma como construímos as redes é crítica.

“A Cisco passou os últimos cinco anos pesquisando e investindo neste portfólio de inovação, com foco em como ajudar nossos clientes a oferecer a melhor Internet, ao mesmo tempo em que é capaz de aumentar a receita, reduzir seus custos e mitigar riscos”, disse Jonathan Davidson, vice-presidente sênior e gerente geral do Grupo de Infraestrutura em Escala de Massa da empresa.

“Ao ajudar nossos clientes a tomar as decisões certas para suas redes hoje, estamos preparando o mundo para o sucesso, para conectar mais pessoas, lugares e coisas do que nunca. Todos nós podemos olhar para trás neste momento nos próximos dez anos e comemorar como enfrentamos o desafio e fizemos a coisa certa para cuidar da Internet”, observou.

Construir redes para crescer e estender a Internet para mais áreas tem sido um processo desafiador para as operadoras de rede. Atendendo à demanda, a Cisco projetou seu Converged SDN Transport, um projeto para ajudar os provedores de serviços a convergir várias redes em uma infraestrutura comum, econômica e segura, com enorme escala.

Hoje, a empresa está ajudando a simplificar as construções da Internet com sua solução Routed Optical Networking. Com a ótica conectável e coerente da Acacia, avanços em Segment Routing e Ethernet VPN e novos recursos Cisco Crosswork Cloud, as operadoras podem construir redes enxutas, eficientes e fáceis de operar, capazes de suportar os níveis de tráfego esperados com 5G.

Internet do futuro

A Cisco tem trabalhado com os principais provedores de serviços de comunicação e empresas de escala da Web, incluindo Airtel, Altibox, Eolo, Facebook, Google Cloud, Rakuten Mobile, SFR, Telenor, Telia Carrier, Telstra, Websprix e outras para projetar os blocos de construção da Internet do Futuro, proporcionando maior eficiência, agilidade e ganhos de economia.

Cisco Silicon One

Com a introdução de sua arquitetura de rede de silício, Silicon One ™, em 2019, a Cisco oferece a seus clientes uma arquitetura programável e unificada, projetada para melhorar a eficiência operacional e fornecer velocidade e capacidade para a era 5G.

Em apenas 15 meses, a Cisco expandiu a plataforma Cisco Silicon One de uma solução focada em roteamento para uma que também atende ao mercado de comutação em escala da Web, oferecendo dez chips de rede (dispositivos) que variam de 3,2 Tbps a 25,6 Tbps, fazendo dela o roteamento programável de melhor desempenho no mercado.

Gerenciamento de assinantes

A Cisco está lançando seu novo gateway de rede de banda larga nativa em nuvem da Cisco para clientes de telecomunicações (wireline), juntando-se à família Cisco de roteadores de banda larga nativos em nuvem existentes para cabo e móvel. Ele abre um caminho de convergência para uma solução unificada de gerenciamento de assinantes, trazendo mais simplificação e eficiência, enquanto permite que os provedores ofereçam serviços verdadeiramente independentes de acesso seja qual for a localização de onde as pessoas usam esses serviços.

– Avançando no acesso, agregação, borda e redes principais para obter maior desempenho

– A mais recente família de roteadores 8000 da Cisco agora apresenta chips da série Cisco Silicon One Q200 oferecendo até 14,4 Tbps de capacidade total, permitindo switches de escala Web de 32 e 64 x 100G;

– Contém novas placas de linha e chassis para o Cisco Aggregated Service Router (ASR) série 9000 e roteadores do Sistema de Convergência de Rede (NCS) 500 e 5500, proporcionando maior capacidade com economia de capital e custos operacionais.

Cisco Crosswork Cloud

O Crosswork Cloud oferece um novo aplicativo chamado Traffic Analysis, propiciando uma visão abrangente dos pontos de peering da rede. Com esse insight, a análise de tráfego fornece recomendações para otimizar o tráfego na extremidade da rede a fim de ajudar a evitar o impacto na experiência do cliente.

Cisco Business Critical Services

O Cisco Business Critical Services apoia os clientes que buscam uma transformação para as soluções Cisco Routed Optical Networking e Cloud Native Broadband, garantindo uma transição tranquila. Com consultoria em design de arquitetura de rede e planejamento de implementação, o Business Critical Services ajuda a acelerar a migração e mitigar riscos.

Novas opções em Specialized Expertise Scrum Services e Expert-as-a-Service fornecem aos clientes acesso a análises poderosas e ainda maior flexibilidade para escolher conjuntos de habilidades para alimentar suas transições.

Serviço
www.cisco.com

5G

inclusão digital

Internet

Internet do Futuro

Redes

web


Generali desenvolve Projeto VISTA com a implementao do SAP S/4Hana


Softwares de engenharia asseguram eficincia na Automao Industrial


NTT e Red Bull Basement se unem para experincias hbridas que inspiram a prxima gerao


Generali desenvolve Projeto VISTA com a implementao do SAP S/4Hana


Softwares de engenharia asseguram eficincia na Automao Industrial


NTT e Red Bull Basement se unem para experincias hbridas que inspiram a prxima gerao


Plataforma da NVIDIA pavimenta o caminho para cidades inteligentes


NVIDIA promove treinamento online de Deep Learning


Faculdade de Engenharia de Sorocaba Inaugura Laboratrio 4.0


Plataforma da NVIDIA pavimenta o caminho para cidades inteligentes


NVIDIA promove treinamento online de Deep Learning


Faculdade de Engenharia de Sorocaba Inaugura Laboratrio 4.0

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.


Edio do ms

Leia nesta edição:

Leia nessa edio sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edio sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edio sobre setorial | sade

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edio sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 – Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Article source: https://inforchannel.com.br/2021/03/31/cisco-redesenha-a-infraestrutura-da-internet-para-suportar-um-futuro-mais-inclusivo/

Comstor oferece certificação Cisco em outubro de 2018 – Inforchannel

A Comstor, unidade de negócios da Westcon-Comstor Americas especializada em ecossistemas Cisco, oferece em outubro o seguinte curso:

ICND1 – Interconnecting Cisco Networking Devices Part 1
Certificação: 640-802 CCNA

Data: 15 a 19/10/2018
Local: São Paulo
Horário: 09:00 – 18:00

Público-alvo: este curso é recomendado para candidatos à certificação CCNA.

Preço: Consulte-nos e confira os preços especiais para canais de revendas.
Tel.: +55 11 5186-4300
Inscrições: [email protected]
Website: http://br.comstor.com/content/academy


IBM, USP e FAPESP apresentam avanos em pesquisas


Cloudflare acelera o carregamento de pginas Web


Soluo da SAP ajuda empresas a calcular a pegada de carbono


IBM, USP e FAPESP apresentam avanos em pesquisas


Cloudflare acelera o carregamento de pginas Web


Soluo da SAP ajuda empresas a calcular a pegada de carbono



Linha de controle de acesso da Intelbras apresenta soluo com capacidade de reconhecimento facial


BMC realiza evento Exchange 2020 Virtual e lana campanha publicitria



Linha de controle de acesso da Intelbras apresenta soluo com capacidade de reconhecimento facial


BMC realiza evento Exchange 2020 Virtual e lana campanha publicitria

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.


Edio do ms

Leia nesta edição:

Leia nessa edio sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edio sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edio sobre setorial | sade

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edio sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 – Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Article source: https://inforchannel.com.br/2018/09/26/comstor-oferece-certificacao-cisco-em-outubro-de-2018/

Prefeitura do Rio abre turmas para o Programa CiberEducação da Cisco Brasil por meio das Naves do Conheci…

Article source: https://prefeitura.rio/pessoa-com-deficiencia/prefeitura-do-rio-abre-turmas-para-o-programa-cibereducacao-da-cisco-brasil-por-meio-das-naves-do-conhecimento/

Cisco anuncia a compra da startup Dashbase – Inforchannel

Article source: https://inforchannel.com.br/2020/12/22/cisco-anuncia-a-compra-da-startup-dashbase/

Relatório da Cisco aponta ransomware como principal ameaça – Inforchannel

hacker em frente ao notebookPelo sétimo trimestre consecutivo, o Cisco Talos Incident Response (CTIR) observou os ataques de ransomware dominando o cenário de ameaças. As principais variantes foram Ryuk e Vatet, o que é notável, dada a ausência do Ryuk no último trimestre. Também foram observados variantes dos malwares Egregor e WastedLocker continuando a visar organizações em todo o mundo. Ao contrário do último trimestre, no entanto, esses ataques de ransomware dependeram esmagadoramente de phishing entregando cavalos de troia, como Zloader, BazarLoader e IcedID. Quase 70% dos ataques de ransomware dependeram de cavalos de troia comuns neste trimestre. Os cibercrinimosos também empregam ferramentas disponíveis comercialmente, como Cobalt Strike, ferramentas de pós-exploração de código aberto como Bloodhound e ferramentas nativas no sistema da vítima, como PowerShell. Essas informações constam do relatório trimestral Incident Response Trends from Winter 2020-21, da Cisco.

O CTIR se envolveu em vários compromissos de resposta a incidentes nos quais as organizações, sem saber, baixaram atualizações de cavalos de troia para o software Orion da SolarWinds amplamente implantado. Apenas um desses incidentes envolveu atividade pós-compromisso.

Olhando para o futuro, a Microsoft anunciou recentemente quatro vulnerabilidades no Exchange Server e revelou que um ator de ameaças chamado Hafnium estava explorando essas vulnerabilidades para lançar shells da Web, visando uma série de organizações. Logo, outros agentes de ameaças também começaram a aproveitar essas explorações, desde APTs (Ataque Persistente Avançado) a grupos de criptomoedas, com organizações afetadas estimadas em dezenas de milhares. O CTIR tem respondido a um número crescente de incidentes envolvendo as vulnerabilidades do Microsoft Exchange.

Alvos

Os cibercriminosos visavam uma ampla gama de setores verticais, incluindo gestão de negócios, construção, educação, energia e serviços públicos, entretenimento, finanças, governo, saúde, distribuição industrial, jurídico, manufatura e tecnologia. Entre os principais alvos visados por ataques de ransomware está o setor de Saúde. É importante notar que houve um aumento nos incidentes envolvendo o malware Vatet, que era conhecido por ter como alvo organizações de Saúde. O CTIR identificou um padrão potencial no qual clínicas regionais associadas a um hospital em um determinado estado são atacadas inicialmente e podem servir como alvos subsequentes, principalmente se tiverem conexões VPN ativas com a organização afetada. Existem muitas razões pelas quais os atores continuam a visar o setor de Saúde, incluindo a pandemia de Covid-19, incentivando as vítimas a pagar para restaurar os serviços o mais rápido possível.

O ransomware continuou a representar a maioria das ameaças observadas pelo CTIR. Ao contrário do último trimestre, que marcou a ausência de trojans de commodities, a maioria desses ataques contou com phishing de maldocs de cavalos de troia como vetor de infecção. Os adversários também continuam a usar ferramentas disponíveis comercialmente: Cobalt Strike foi observado em metade de todos os ataques de ransomware neste trimestre. Também houve vários compromissos de ransomware que alavancaram ferramentas de reconhecimento de código aberto, como ADFind, ADRecon e Bloodhound. Os utilitários do Windows também eram comuns. Por exemplo, o PowerShell foi observado em quase 65% de todos os ataques de ransomware, enquanto o uso do PsExec foi observado em mais de 30%. Outras ferramentas observadas incluem ferramentas de uso duplo, como TightVNC e CCleaner, e ferramentas de compressão, como 7-Zip e WinRAR.

SolarWinds

Em dezembro de 2020, o Cisco Talos tomou conhecimento de um sofisticado ataque à cadeia de suprimentos no qual os adversários obtiveram acesso às redes das vítimas por meio de atualizações de trojan do software Orion da SolarWinds. Este ataque teve como alvo várias grandes empresas e agências governamentais dos Estados Unidos. O CTIR se envolveu em várias respostas a incidentes em que as organizações instalaram inadvertidamente a atualização comprometida. Apenas um desses compromissos envolveu atividades pós-comprometimento, como a execução maliciosa do PowerUP PowerShell. O PowerUP parece fazer parte do PowerSploit e é uma coleção de módulos do PowerShell usados para ajudar nas atividades de formação de equipes vermelhas. Embora o script PowerShell semelhante ao PowerUP não tenha executado nada neste momento, ele parecia estar configurado como um wrapper ou utilitário, possivelmente para o código adicional ser canalizado.

A partir de março, o CTIR está respondendo a um número crescente de incidentes envolvendo as vulnerabilidades do Microsoft Exchange. Em um caso, um cliente no setor de processador/tecnologia de pagamento não viu nenhuma indicação de que o CVE-2021-26855 foi explorado. No entanto, eles observaram o comportamento de varredura de um endereço IP conhecido vinculado a esses ataques, que enviou pacotes para um servidor Exchange específico a partir de 28 de fevereiro. Em outro incidente, um cliente do setor de Saúde viu um exploit CVE-2021-26855, embora ainda não foi determinado se a atividade se limitou apenas à digitalização neste momento.

Em um caso de resposta a incidentes que afetou uma organização na Alemanha, foi notado um ligeiro desvio da atividade pós-exploração nos compromissos mencionados acima. A atividade começou quase da mesma maneira, com o adversário instalando shells da Web no ambiente da vítima. No entanto, antes da implementação, o cliente viu que a senha da conta do Admin de Domínio foi redefinida por meio da presença do atributo “Última senha definida” no Active Directory (AD).

Vetores iniciais

Foi difícil identificar um vetor de infecção inicial em muitos incidentes no último trimestre. No entanto, em casos em que o vetor inicial pode ser identificado, ou razoavelmente presumido, o phishing foi o principal vetor de infecção pelo sétimo trimestre consecutivo. A grande maioria deles era composta de phishing maldoc. No entanto, também havia compromissos envolvendo o comprometimento do e-mail comercial, como quando um funcionário de uma empresa de entretenimento recebeu um phishing com uma página de login falsificada do Microsoft Online, após o qual o cibercriminoso tentou se autenticar em sua conta do Office 365 de vários locais. O adversário autenticou e contornou o MFA com sucesso por meio do uso de um aplicativo legado, destacando a necessidade de desabilitar os protocolos legados.

O CTIR incentiva todas as organizações a salvar seus registros para tornar mais eficientes e eficazes quaisquer compromissos de resposta a incidentes em potencial.

Outros vetores iniciais notáveis incluíram a exploração de aplicativos voltados ao público, como uma organização educacional que teve seu balanceador de carga F5 explorado via CVE-2020-5902 – uma vulnerabilidade de execução remota de código em F5 – no curso de um ataque DDoS. Também houve várias instâncias de exploração de uma vulnerabilidade na interface do usuário da Telerik, rastreada como CVE-2019-18935 . O Talos viu pela primeira vez um aumento de atores explorando a interface do usuário da Telerik no terceiro trimestre de 2020 – uma tendência que continua até hoje.

Serviço

https://talosintelligence.com

Ameaças

Cisco

CTIR

Ransomware

segurança

SolarWinds

trojan


Novartis abre inscries para seu novo Programa de Estgio  Talento Novartis


IGTI abre inscries para bootcamps


QNAP habilita acesso remoto TeamViewer para dispositivos NAS


Novartis abre inscries para seu novo Programa de Estgio  Talento Novartis


IGTI abre inscries para bootcamps


QNAP habilita acesso remoto TeamViewer para dispositivos NAS


Relatrio da FireEye mostra que invasores esto cada vez mais persistentes


Cidades da Amrica Latina do os primeiros passos para se tornarem Smart Cities


Estratgias de segurana ciberntica colocadas  prova


Relatrio da FireEye mostra que invasores esto cada vez mais persistentes


Cidades da Amrica Latina do os primeiros passos para se tornarem Smart Cities


Estratgias de segurana ciberntica colocadas  prova

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.


Edio do ms

Leia nesta edição:

Leia nessa edio sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edio sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edio sobre setorial | sade

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edio sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 – Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Article source: https://inforchannel.com.br/2021/03/29/relatorio-da-cisco-aponta-ransomware-como-principal-ameaca/