16 de September de 2019

Cisco transforma rede em plataforma segura e inteligente Na sétima edição do encontro Cisco Live!

Embora a Cisco seja reconhecida como uma empresa de tecnologia de rede, a companhia californiana vem empenhando esforços, nos últimos anos, para se reposicionar no mercado e ser vista como um player que oferece uma plataforma segura e inteligente, aliada dos clientes em seus processos de transformação digital.

 

Com quase 34 anos de existência, a Cisco sabe que a velocidade de mudança poderá custar a sobrevivência de várias companhias do segmento de TI. A empresa entende também que se trata de uma revolução sem precedentes, com implicações relevantes, determinando que muitos players de hoje deixarão de existir em três anos.

 

“Com o nosso DNA, temos uma grande vocação e a oportunidade de apoiar a transformação digital dos nossos clientes e de todas as empresas, oferecendo uma arquitetura segura e com performance”, reforçou Jordi Botifoll, presidente de Cisco para América Latina. Para ele, a questão da segurança ocupa uma posição central nesse processo.

 

Na verdade, para a Cisco, faz todo sentido ocupar esse papel, porque a infraestrutura é vista pela companhia como a ponte para o avanço seguro das aplicações digitais, como reforçou Karen Walker, VP Global e CMO da companhia em sua palestra de abertura.

 

A executiva reforçou essa “função” da empresa de representar um elo para o salto dos clientes em direção às aplicações digitais. Com esse discurso, a Cisco resgata sua tradição e reforça, de certa forma, sua própria história, retratada na logomarca da empresa que mantem uma figura estilizada da famosa ponte Golden Gate, símbolo da cidade californiana de São Francisco.

 

Travessia segura

 

Um dos passos importantes nessa mudança, foi dado pela Cisco no ano passado quando lançou o conceito de rede intuitiva, com recursos de analytics e segurança. Para montar essa plataforma foram realizadas aquisições de software, sendo uma das mais relevantes a compra da AppDynamics em 2017, solução de monitoramento de negócios, por US$ 3,7 bilhões de dólares.

 

Na área de segurança, a empresa também fez uma importante movimentação com a compra da fornecedora de segurança cibernética Duo Security por 2,35 bilhões de dólares, a maior aquisição da Cisco no setor de cibersegurança desde a compra da Sourcefire, em 2013, por US$ 2,7 bilhões de dólares.

 

Três pilares

 

A transformação da Cisco está sendo apresentada como uma nova plataforma baseada em pilares como multicloud, rede intuitiva e security. Na área de multicloud, o objetivo é garantir que as transferências entre múltiplos ambientes, cada vez mais comuns nos modelos em nuvem, estejam protegidas e sejam realizadas sem perda de performance.

 

O segundo pilar foi batizado de Cisco Network Intuitive, considerado por Carlos Torales, diretor de Arquitetura como o mais importante lançamento da empresa nos últimos dez anos. “Demos um salto em relação à rede, garantindo vantagens no processo de digitalização, principalmente na questão da agilidade.”

 

“As empresas não podem levar um ano para entrar em uma plataforma digital”, enfatiza ele. A intenção é assegurar que a arquitetura de rede, especialidade da empresa, ganhe cada vez mais “inteligência”, a ponto de garantir performance em um cenário de múltiplas aplicações.

 

O terceiro pilar se baseia em segurança. De nada adianta plataformas inteligentes, mas desprotegidas. A ênfase na área de security se transformou em mantra da Cisco nos últimos anos. Nesse ponto, a empresa enxerga grande vantagem sobre os concorrentes, em função da forte base instalada presente em grandes e médios clientes. Agregar segurança a essa base é uma oportunidade de ampliar sua oferta para os atuais clientes de network e conquistar novos usuários, principalmente os de médio porte.

 

No capítulo segurança, o diferencial para a Cisco é dar ao usuário a capacidade de identificar anomalias no tráfego. Quando um cartão de crédito é roubado, os bancos identificam que o padrão de compra mudou. Na rede, o objetivo é o mesmo, encontrar desvios de padrão de tráfego. “Identificar automaticamente esses desvios é algo disruptivo”, pontua Carlos Torales.

 

Novos caminhos

 

Para essa semana do evento, a empresa reservou anúncios que suportam a estratégia dos três pilares, envolvendo áreas como mobilidade, IoT, nuvem e segurança. Entre esses anúncios estão novas opções na família Catalyst 9000, os produtos que basicamente trazem inteligência para a plataforma. Essa família é considerada hoje o produto de maior êxito da Cisco.

 

A novidade da semana aqui em Cancún é a disponibilidade dos recursos da família Catalyst para os produtos de acesso, os famosos switches, campeões de venda da companhia. Para a Cisco, trazer esses recursos para a borda significa ampliar sua oferta na América Latina, principalmente no segmento de pequenas e médias empresas, a ponto de Carlos Torales considerar esse anúncio um dos mais relevantes para a região.

 

Da mesma forma, a empresa apresentou o novo Catalyst 9800 wireless controller, que adiciona ao mundo sem fio os mesmos benefícios, como automatização e segurança. A estratégia é oferecer o appliance em vários formatos, on-premise, em nuvem ou mesmo dentro de um switch.

 

No segmento de Network, a menina dos olhos da Cisco é a SD-WAN. Pelos registros da companhia o tráfego de SD-WAN irá crescer cinco vezes de 2017 a 2022. Em função disso, anunciou também um modelo de SD-WAN Security, com toda a capacidade de integração com firewall e IPS.

 

Por último, mas não menos importante, está o anúncio na área de segurança na plataforma intuitiva com o conceito de Zero Trust, o que significa que não podemos confiar naquilo que não medimos. Essa solução conhecida como Cisco Duo atua com análise de credenciais, criando uma linha do tempo do usuário dentro da rede.

 

Essa linha inclui seu ingresso, a validade e o monitoramento. Caso aconteça alguma anormalidade, o sistema promete um modelo rápido de contra-ataque. A aquisição da Duo Security veio reforçar essa estratégia trazendo uma solução de dupla autenticação.

 

* Graça Sermoud viajou para Cancún a convite da Cisco

 

Article source: http://www.decisionreport.com.br/destaque/cisco-transforma-rede-em-plataforma-segura-e-inteligente/

Confira as oportunidades de emprego abertas nesta quinta-feira (12)


Oportunidades para quem busca emprego com carteira assinada

Quem está à procura de emprego com carteira assinada deve ficar atento às oportunidades abertas nesta quinta-feira (12) no Espírito Santo nas empresas de recrutamento e seleção. Os interessados podem fazer o cadastro do currículo no site das consultorias.

Como fazer um bom currículo e chamar atenção da empresa

Na Center Rh, as chances são para profissionais de níveis médio e superior. A remuneração pode chegar a R$ 4 mil para o cargo de analista de suporte sênior. Já a Rhopen tem oportunidades para trabalhar até em outros Estados como Minas Gerais e Pará. 

 Procurando emprego? CLIQUE e participe do grupo de Whatsapp da GAZETA

A Psico Store e a Psicoespaço estão com vagas de emprego abertas em cargos de vários níveis de escolaridade. 

Sine de Anchieta abre 24 vagas para trabalhar na área da Samarco

CONFIRA AS VAGAS

Center RH

Vagas: Empacotador (2), analista de suporte sênior CCNA, auxiliar de instalação, desenvolvedor delphi, enfermeiro consultor educacional, estofador, vendedor de loja, líder operacional e marceneiro.

Cadastro: pode ser feito no site www.centerrh.com.br.

Rhopen

Vagas: Ajudante de operador de multifios, analista administrativo, analista administrativo de RH PCD, analista de crédito e cobrança internacional, analista contábil, analista de desenvolvimento de sistemas, analista de gestão integrada, analista de gestão integrada pleno (2), analista de importação, analista de manutenção PL, analista de marketing, analista de segurança do trabalho, analista de qualidade sênior (2), analista de recursos humanos, analista de suprimentos, analista de suprimentos pleno, analista desenvolvedor, analista financeiro, analista operacional, analista segurança do trabalho pleno, assistente comercial, assistente de gestão de contratos, assistente de departamento pessoal, assistente fiscal, assistente de importação, arqueólogo, auxiliar administrativo, auxiliar crédito/cobrança, caldeireiro, consultor de recrutamento e seleção, consultor de vendas (2), coordenador administrativo financeiro, coordenador de governança, risco e compliance, coordenador de sistemas, coordenador de qualidade, desenvolvedor frontend, desenvolvedor de software, eletricista (4), eletricista especializado, eletricista – jovem aprendiz – pcd, engenheiro, engenheiro master (3), engenheiro pleno (7), executivo de vendas, gerente administrativo financeiro, gerente comercial (2), gerente de vendas, gerente para casa de shows, geólogo geotécnico pleno, inspetor de operação ferroviária, laboratorista, mecânico (6), mecânico especializado (2), médico do trabalho, operador de controles ambientais, operador de equipamentos, operador equipamentos instalações (2), operador de máquinas, operador mantenedor eletromecânico, operador de ponte rolante, programador front end, soldador (3), supervisor de suprimentos, supervisor de vendas, supervisor técnico administrativo, supervisor usina de tratamento, técnico automação, técnico controle processo (2), técnico de higiene ocupacional, técnico de planejamento prog manutenção, técnico eletroeletrônico (4), técnico enfermagem do trabalho (2), técnico enfermagem do trabalho – PCD, técnico especializado manutenção, técnico mecânico, técnico de planejamento e programação manutenção (2), técnico segurança trabalho (2), técnico em telemetria, trainee de vendas – inglês, topógrafo, vendedor e vendedor de chapas.

Cadastro: pode ser feito no site www.rhopen.com.br 

 

 

De enfermeiro a vigilante: semana começa com 678 vagas de emprego

Psico Store

Vagas: Advogado, agente de vendas externas, analista de compras, analista de departamento pessoal, analista de programação, analista de remuneração, analista de rh, analista de vendas, assistente administrativo, assistente administrativo – auto/ramos elementares, assistente financeiro, auxiliar administrativo, consultor de negócios, coordenador de almoxarifado, executivo de vendas, gerente comercial, gerente operacional, representante comercial externo, secretária executiva, supervisor de vendas, técnico de segurança do trabalho e vendedor.

Cadastro: pode ser feito no site www.psicostore.com.br.

Psicoespaço

Vagas: Analista de desenvolvimento organizacional, analista de gestão de pessoas, analista de rh, analista de sistemas, analista de suprimentos, analista de treinamento e desenvolvimento, analista desenvolvedor de sistemas – sênior, analista financeiro, analista fiscal/tributário, assistente administrativo, assistente de back office, assistente de cobrança, assistente de TI, assistente técnico, auxiliar administrativo, auxiliar administrativo, auxiliar de estoque/serviços gerais, auxiliar de produção, consultor de negócios, consultor de vendas interno, coordenador de rh, encarregado de armazém, encarregado de rh/dp, executivo de contas, executivo de contas, gestor comercial, motorista carreteiro, operador de telemarketing, enfermeiro pcd, técnicos de enfermagem pcd, pedagogo, pessoas com deficiência, programador sênior, promotor de vendas, promotor de vendas interno

Cadastro: deve ser feito no site www.psicoespaco.com.br.

Leia mais sobre Concursos e Empregos

Article source: https://www.gazetaonline.com.br/noticias/concursos_e_empregos/2019/09/confira-as-oportunidades-de-emprego-abertas-nesta-quinta-feira-12-1014198384.html

Cisco expande Organização do Customer Experience (CX) na EMEAR e abre novo Centro CX

A Cisco anunciou hoje que irá expandir as competências de apoio às empresas na Europa, Médio Oriente, África e Rússia (EMEAR) com a abertura do novo Centro Customer Experience (CX) em Lisboa.

Tanto engenheiros com experiência como recém-licenciados terão oportunidades de prestar serviço a clientes seja através de planeamento, desenvolvimento, implementação, optimização e apoio técnico. O recrutamento irá começar no fim de Fevereiro com foco em pessoas com especialização em segurança, rede empresarial e centro de dados.


O centro de Lisboa irá servir os clientes e parceiros à medida que utilizam as últimas tecnologias da Cisco, como uma base para a transformação digital, ajudando-os a tirar o maior partido das soluções tecnológicas.

“A experiência do cliente é uma área essencial de crescimento para a Cisco. Estamos muito satisfeitos por trazermos este novo centro para Portugal, que irá desempenhar um papel importante na estratégia global da Cisco para satisfazer os seus clientes, parceiros e partes interessadas internas na EMEAR e mais além”, disse Phil Wolfenden, Vice-Presidente, Centros de Costumer Experience, da Cisco EMEAR.

Via Cisco.

PCGuia

Article source: https://www.pcguia.pt/2019/02/cisco-abre-novo-centro-cx-em-portugal/

Cisco inaugura a licença netinho | Notícias

A Cisco do Brasil passou a dar uma licença de até três dias para funcionários da empresa a cada novo neto no primeiro ano de nascimento ou adoção.

A medida, que a reportagem do Baguete carinhosamente apelidou de “licença netinho”, faz parte de um programa de atenção à primeira infância dentro da Cisco, que foram recentemente reconhecidas com a premiação na categoria “Primeira Infância” do ranking  Melhores Empresas para Trabalhar do Great Place to Work.

Um bom número de funcionários da Cisco deve poder se beneficiar da licença netinho: na mesma premiação, a empresa ficou entre as dez em percentual de funcionários com mais de 45 anos de idade. Na Cisco, esse grupo soma 32% do total.

Quantos exatamente não é possível saber, porque a Cisco não abre a cifra total.

De qualquer forma, os avós e avôs, um grupo potencialmente pequeno, não são os únicos beneficiados dentro da Cisco.

A Cisco também alterou sua política de licenças maternidade e paternidade, levando em consideração o cuidador principal, independente do gênero, além de ampliar os dias do benefício. As licenças também foram estendidas aos pais adotivos. 

“O mais importante para a Cisco é que o cuidador principal tenha tempo para se relacionar com um novo filho, seja qual for a forma de acolhimento da criança, e que seu cônjuge ou parceiro possa dar apoio quando sua família mais precisa”, destaca Nayana Pita, diretora de Recursos Humanos da Cisco do Brasil.

A empresa também adotou outra iniciativa para tornar o ambiente de trabalho um espaço acolhedor para mães lactantes, com a criação de uma sala de amamentação para retirada e armazenamento do leite materno.

Em parte, a política de RH se encaixa com a mensagem de mercado da Cisco, uma vez que ela vai acoplada com o conceito “Anywhere Office”, no qual o ambiente de trabalho não está limitado ao escritório físico, mas em qualquer lugar em que os funcionários possam executar suas atividades por meio de ferramentas de trabalho colaborativo, como o Webex Teams.  

“Esse modelo permite uma maior integração entre trabalho e vida pessoal, permitindo que os funcionários dediquem mais tempo às suas famílias, sem qualquer impacto à produtividade”, garante a Cisco em nota.

Article source: https://www.baguete.com.br/noticias/11/09/2019/cisco-inaugura-a-licenca-netinho

Cibersegurança: por que essa deve ser uma das principais preocupações de CEOs?

Uma pesquisa da Juniper Research estima que, em 2018, havia cerca de 21 bilhões de dispositivos conectados à internet. Já em 2022, a estimativa é que esse número chegue a 50 bilhões. Não há dúvidas: o futuro é conectado – seja nas empresas, casas (com a tendência de casas inteligentes) e indústrias.

Hoje, a internet está disponível principalmente em smartphones, computadores e tablets. Para Laércio Albuquerque, presidente da Cisco no Brasil, o termo de “transformação digital” está ultrapassado, pois “já estamos transformados”.

A transformação digital iniciada há algumas décadas hoje permite, por exemplo, que reuniões sejam realizadas de qualquer lugar do mundo, com todos os participantes há quilômetros de distância. Essa foi, inclusive, a forma com que Laércio Albuquerque se comunicou com um grupo de jornalistas que visitaram o Centro de Inovação (COI) da Cisco no Rio de Janeiro. “A presença não é mais uma obrigação, pois você pode estar conectado de qualquer lugar do mundo. Isso faz parte da nossa cultura na Cisco e está em nosso dia-a-dia”, comentou.

Para Albuquerque, não existe mais o “home office”, mas o “anywhere office”. “Hoje, o escritório está em nossas mãos. Algumas empresas querem transformar o negócio, mas não pensam em mudar como as pessoas se comunicam”, afirmou. Para a comunicação corporativa, a Cisco aposta na ferramenta própria WebEx Team – um aplicativo de colaboração e mensagens semelhante ao WhatsApp, mas que suporta videoconferências, entre outros.

O presidente da Cisco no Brasil está há três anos no cargo e foi entrevistado remotamente. “Eu não falei com nenhuma pessoa presencialmente durante as oito entrevistas realizadas – todas foram através do WebEx”, contou.

A preocupação dos CEOs

Mas, apesar da facilidade, tanta conectividade traz novos desafios. Para Albuquerque, a principal questão a ser levantada é a cibersegurança. “A segurança sempre foi prioridade para executivos de tecnologia, mas agora deve ser também prioridade para os CEOs (presidentes-executivos de empresas)”, afirma.

Segundo o executivo, cada dispositivo conectado pode ser uma porta de entrada para hackers. “As empresas não têm que se preocupar com uma grande arquitetura de rede e depois com a segurança – isso deve acontecer simultaneamente”.

Atualmente, segundo pesquisa sobre cibersegurança da Tempest Security Intelligence com 50 empresas brasileiras, a maioria dos líderes de segurança da informação não se reportam diretamente ao CEO. Quase metade dos profissionais ouvidos na pesquisa (49,09%) respondem ao diretor de tecnologia, enquanto 18,18% se encaminham ao COO (diretor de operações). A porcentagem dos que conversam diretamente com o presidente-executivo da empresa (CEO) é de apenas 9%.

Em 2018, 34,55% das empresas investiram até 1% do orçamento em cibersegurança. Já neste ano, a expectativa de 38,8% das companhias é de dedicar até 20% do orçamento à segurança digital das empresas.

Article source: https://www.startse.com/noticia/empreendedores/64137/ceo-cisco-laercio-albuquerque

5 empresas que estão procurando profissionais de TI em Santa Catarina

Florianpolis - SC

Florianópolis – SC (Francisco Anzola/ Flickr/Flickr)

Quer morar em Santa Catarina? As companhias Audaces, Teltec Solutions, Meus Pedidos, Involves e CataMoedas estão recrutando profissionais de TI para trabalhar nas cidades de Florianópolis e Joinville. Veja as vagas a seguir:

Audaces

A companhia de tecnologia para moda no Brasil e América Latina Audaces tem três oportunidades, sendo uma delas para o interior de São Paulo e outras duas para a cidade de Palhoça.

– Técnico em manufatura (Palhoça/ SC)

Requisitos: 3º grau completo, preferencialmente no(s) curso(s): engenharia de materiais, engenharia de produção, engenharia mecânica.

– Vendedor (São José Do Rio Preto – SP)

Requisitos: 3º grau incompleto, preferencialmente no curso de administração de empresas.

– Engenheiro de Controle e Automação (Palhoça/ SC)

Requisitos: superior completo em engenharia de controle e automação, engenharia elétrica ou engenharia computação.

Para se candidatar a uma das oportunidades acima, envie seu currículo para recrutamento@audaces.com.

 

Teltec Solutions

A Teltec Solutions, integradora de TI com sede em Florianópolis, está com três vagas disponíveis:

– Analista de Suporte 12X36 noturno

Requisitos: formação superior em redes e áreas correlatas.

– Analista Contábil

Requisitos: formação em ciências contáveis, administração ou economia.

– Analista de soluções pós-venda (segurança)

Requisitos: formação superior em redes e áreas afins. Certificação CCNA.

Os interessados devem enviar um e-mail com o currículo para rh@teltecsolutions.com.br.

 

Meus Pedidos

A desenvolvedora de software para gestão de vendas Meus Pedidos está oferecendo sete oportunidades para trabalho em Joinville:

– Analista de sucesso do cliente

Requisitos: ser comunicativo e independente. Ter conhecimento em Excel e das plataformas Windows, iOS e Android.

– Executivo de inside sales

Requisitos: experiência com vendas, conhecimento em gerenciamento de objeções, construção de rapport, spin selling e habilidades de negociação em geral.

– Desenvolvedor iOS e desenvolvedor Android

Requisitos: inglês técnico nível avançado, experiência de pelo menos um ano como desenvolvedor na área.

– Tester / QA

Requisitos: um ano de experiência trabalhando como tester/QA, experiência com testes automatizados e criação de casos de testes, conhecimento em metodologias QA.

– Atendimento ao cliente

Requisitos: ser comunicativo e independente. Ter conhecimento em Excel e das plataformas Windows, iOS e Android.

– Desenvolvedor web

Requisitos: inglês técnico nível avançado, domínio e conhecimento sobre testes unitários e testes de aceitação, domínio de Python e Django.

Para conferir mais requisitos sobre as vagas e se candidatar, é preciso acessar a página de recrutamento da companhia.

 

Involves

Já a Involves, desenvolvedora de software para gestão de trade marketing, tem cinco oportunidades em aberto para sua sede em Florianópolis:

– Analista de suporte e relacionamento (duas vagas)

– Consultor comercial (três vagas)

Acesse a página da Involves para enviar seu currículo.

 

CataMoeda

A CataMoeda também está recrutando cinco profissionais em Florianópolis:

– Diretor financeiro e operações

Requisitos: experiência em gestão de equipes da área industrial, preferencialmente em implantação de novas unidades industrias; histórico de realizações significativas; experiência em análise de viabilidade, investimentos e nas áreas administrativas, financeira, contábil e fiscal.

– Analista de engenharia de qualidade

Requisitos: formação em engenharia de produção elétrica com pelo menos um ano de experiência na área.

– Assistente de Operações

Requisitos: técnico completo ou em andamento em eletrônica, eletrotécnica, mecânica básica e correlatas, com um ano de experiência em função semelhante ou formação na área iniciada.

– Desenvolvedor de software – Backend .net sênior (2 vagas)

Requisitos: superior completo em ciências da computação, sistema da informação, tecnologia da informação, engenharias da computação e controle e automação, processamento de dados e outras áreas correlatas.

Para disputar uma das vagas é preciso enviar o currículo para cvbanco@peopleti.com.br com o nome da vaga no assunto do e-mail.

Article source: https://exame.abril.com.br/carreira/5-empresas-estao-procurando-profissionais-de-ti-em-santa-catarina/

Tecnologia de vigilância vulnerável rende à Cisco multa de US$ 8

Tudo sobre

Cisco



Saiba tudo sobre Cisco


A Cisco concordou em pagar uma multa de US$ 8,6 milhões por vender uma tecnologia de vigilância que sabia conter falhas graves de segurança e vulnerabilidades de alto risco.

Segundo o pesquisador e informante James Glenn, hackers poderiam tirar proveito das vulnerabilidades para não apenas assistir aos feeds de câmeras que empregassem o software da Cisco, como também acessar e desligar as câmeras conforme conveniência e até mesmo desabilitar, remotamente, sistemas físicos de proteção, como alarmes.

A firma de advocacia Constantine Cannon, que representou o informante, afirmou que as falhas eram bem simples de serem encontradas e exploradas. “É como se fosse um daqueles momentos em filmes de ladrões em que uma pessoa digita algo em um laptop por 30 segundos e diz em seguida: ‘Estou dentro’”, disse Michael Ronickher, um dos advogados da companhia.

Vale citar: clientes da Cisco que adquiriram a solução de vigilância incluem hospitais, creches, escolas, departamentos de polícia e até agências federais.


Tecnologia de vigilância da Cisco tinha vulnerabilidades que poderiam afetar delegacias, escolas e até hospitais

Do lado da Cisco, a empresa se mostrou contente em resolver a situação. “Estamos todos felizes que isso tenha sido solucionado”, disse um porta-voz da empresa em comunicado. “Não houve nenhuma alegação ou evidência de que quaisquer acesso não-autorizado aos vídeos de nossos clientes tenha ocorrido como resultado desta arquitetura”.

A Constantine Cannon, por meio de seus advogados, porém, levanta uma possível discordância: “Nós não queremos aumentar a proporção disso indevidamente. Até onde sabemos, nenhuma invasão de grande escala ocorreu em relação a isso, mas o problema existe há quatro anos”.

O caso marca a primeira vez na história em que uma empresa teve de pagar multa milionária devido a casos deflagrados por informantes. Ademais, alguns clientes da tecnologia da Cisco que podem ser nomeados nesta situação incluem o Serviço Secreto (a agência que acompanha e protege o presidente a todo momento), a Agência de Gerenciamento de Emergências Federais (FEMA, conhecida por atuar em desastres como o Furacão Katrina), além de vários braços do corpo militar dos EUA e até o Departamento de Polícia da Cidade de Nova York.

Por isso, o governo dos EUA está revisando todos os seus contratos com empresas privadas e, no meio de toda essa análise, veio a situação com a Cisco.


Por meio de um processo judicial, Cisco foi condenada a pagar multa milionária por continuar vendendo tecnologia que ela sabia previamente ser falha

James Glenn, que trabalhava para uma empresa terceirizada pela Cisco na Dinamarca, chamada NetDesign, disse que alertou a companhia sobre o problema por meio de relatórios detalhados: “Qualquer indivíduo com moderado conhecimento em estrutura de rede pode se aproveitar disso”, diz um dos alertas enviados à Cisco. Quando ele não obteve resposta, decidiu abrir um processo contra a empresa na corte norte-americana.

Por meio de uma lei chamada False Claims Act, o sistema jurídico dos EUA permite que pessoas individuais abram processos contra uma corporação multinacional em nome do governo. O governo em si pode se juntar ao processo depois e coletar a maior parte dos valores de multa. Esse será o caso aqui: dos US$ 8,6 milhões da multa, 80% vão para o governo federal, enquanto os outros 20% restantes vão para Glenn e seu corpo de advogados.

Glenn foi demitido da NetDesign em 2009, mas a saída do especialista em redes não tem relação com o caso, haja vista que ele só tornou-se informante dois anos depois, quando deu entrada nos papéis do processo. “Ele tentou consertar isso pelos canais apropriados antes mesmo de considerar abrir uma ação judicial”, disse Ronickher. “Essa é geralmente a última cartada para pessoas que descobrem que certas coisas simplesmente não estão sendo consertadas”.

Fonte: Gadgets 360º

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

Article source: https://canaltech.com.br/juridico/tecnologia-de-vigilancia-vulneravel-rende-a-cisco-multa-de-us-86-milhoes-145577/

Analista de Telecomunicações Pleno – Porto Seguro – São Paulo, SP

Analista de Telecomunicações Pleno

Descrição da área:

Prestar suporte aos recursos das redes de Comunicação de Dados (equipamentos de LAN/WAN, links), visando garantia de disponibilidade e desempenho desta infraestrutura, e de forma a suportar adequadamente as necessidades de negócio da corporação.

Pré-requisitos:

  • Escolaridade : superior completo em Engenharia ou Ciências da Computação
  • Experiência: 3 anos como administrador / gestor de redes LAN e WAN
  • Cursos e conhecimentos específicos: infraestrutura de comunicação de dados LAN / WAN (fibra óptica, TCP/IP, HDLC, PPP, Frame Relay, MPLS, ATM, Voip). Redes de computadores (Fast Ethernet, Giga-bit Ethernet, Wireless Lan) e seus elementos (switches, roteadores, balanceadores, etc). Elementos de segurança de redes (Firewall e IPS). Redes IP e Internet (VPN, criptografia, caches).
  • C ertificações Técnicas: CCNA, Certified Administrator F5 e Check Point Security Administration

Competências:

  • Foco no Resultado
  • Visão Sistêmica
  • Negociação
  • Ponderação

Informações adicionais:

Local de Trabalho: Campos Elisios

Principais Atividades:

  • Realizar análise da Infraestrutura de Comunicação de Dados, o registro de problemas e a análise de causa-raiz para os problemas identificados na infraestrutura de Comunicação de Dados, a fim de encontrar soluções permanentes e prevenção de repetição de incidentes.
  • Manter de forma adequada a documentação técnica para o controle de configuração e mudanças dos IC (Itens de configuração) da infraestrutura de Comunicação de Dados (links, equipamentos Lan/Wan, firewalls).
  • Efetuar interface com operadoras de telecomunicações para contratação, implantação e manutenção de links de comunicação de dados.
  • Atuar na elaboração e implantação de projetos de Redes de Comunicação de Dados, garantindo ao ambiente de infraestrutura de TI a minimização dos riscos de impactos operacionais quando implantados, assim como estabilidade pós implantação.
  • Realizar análise da infraestrutura de Comunicação de Dados para fins de controle de capacidade (Capacity Planning) dos itens de configuração deste ambiente (links, equipamentos de LAN/WAN e Segurança da Informação), assim como desenvolver ações de correção e adequação deste ambiente aos níveis de capacidade definidos pela TI.
  • Desenvolver e implementar projetos de Redes de Comunicação de Dados junto à infraestrutura de TI, garantindo que funcionem conforme requisitos funcionais e sem riscos de impacto operacional.
  • Garantir a capacidade dos recursos da infraestrutura de Comunicação de Dados (equipamentos de LAN/WAN e Segurança da Informação, links, etc), zelando pelos seus corretos dimensionamentos, de forma que suportem adequadamente as necessidades de negócio da corporação.
  • Apuração dos indicadores operacionais, para garantir o monitoramento dos serviços.
  • Acompanhamento dos editais de contratação para garantir a contratação dos serviços de forma adequada.
  • Deve atuar em conjunto dos demais Analistas da equipe, como um centro de conhecimento especializado, suportando os ambientes de redes de dados LAN e WAN na resolução de problemas através da análise das causas raiz, garantindo assim o emprego das melhores soluções.
  • Elaboração e análise dos Relatórios de Ocorrência para garantir a solução de problemas.
  • Promoção de melhorias contínuas nos ambientes de LAN e WAN da Porto Seguro.
  • Controle das suas atividades garantindo o correto apontamento e documentação das atividades.
  • Busca contínua pelo aprimoramento profissional
  • Utilização e fiscalização das SOP, MOP e EOP (procedimentos operacionais padrão, de manutenção e de emergência) para garantir a padronização das redes de dados, segurança, sua confiabilidade e atendimento das atividades.
  • Estudar, desenvolver e aperfeiçoar processos, ferramentas e sistemas que melhorem a qualidade, a performance e o custo das redes de dados da Porto Seguro.
  • Implementar pontos de controle para tomada de leituras de performance operacional e geração de um banco de dados para gestão do Plano de Melhoria Contínua para garantir a eficiência das instalações.
  • O Analista Pleno deve ter conhecimento teórico e prático de todas as tecnologias que são utilizadas nas redes de dados da Porto Seguro.

Oferecemos:

  • Remuneração fixa
  • VR
  • VA
  • Assistência Médica
  • Participação nos Lucros
  • Previdência Privada
  • Auxílio Creche
  • Seguro de Vida
  • Bolsas de Estudos

Article source: https://www.planetaosasco.com/empregos/79817-analista-de-telecomunicaoes-pleno-porto-seguro-sao-paulo-sp

Professores da Seduc recebem certificados da Cisco Academy – Governo do Piauí

Article source: http://www.piaui.pi.gov.br/materia/educacao/professores-da-seduc-recebem-certificados-da-cisco-academy-9609.html

Cisco reformula equipamentos para nova tecnologia WiFi

A Cisco anunciou nesta segunda-feira o lançamento de um equipamento para a próxima geração de redes sem fio WiFi, atualizando uma parte essencial de seus negócios de 28,2 bilhões de dólares e mirando eleva receita da área de software.

A Cisco anunciou novos equipamentos de pontos de acesso e switches para empresas compatíveis com WiFi 6, um novo padrão que deverá ser lançado em 2022. Telefones, laptops e outros dispositivos se conectarão aos pontos de acesso da Cisco em campus corporativos e transportarão o tráfego para os switches, que se conectam a uma rede com fio de determinada empresa.

A Cisco, que controla cerca de 45 por cento do mercado de sistemas WiFi corporativos, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado IDC, está lançando os equipamentos muito antes da maioria dos telefones e laptops terem um chip compatível com o novo padrão.

A nova tecnologia de rede foi projetada para oferecer um modesto aumento de velocidade, mas também para resolver alguns dos maiores problemas enfrentados pelas redes WiFi atuais. O novo padrão é projetado para evitar o ‘entupimento’ que pode ser causado com a conexão de múltiplos dispositivos a uma rede sem fio, como televisores, câmeras de segurança, alto-falantes inteligentes e sensores.

Um novo aspecto das redes que os consumidores vão notar é o estreitamento de laços com as redes sem fio 5G, que chegarão mais ou menos na mesma época que o WiFi 6. Quando as duas novas tecnologias estão em funcionamento, por exemplo, o telefone de um hóspede do hotel pode passar de 5G para a rede WiFi após fazer check-in, sem ter que digitar um nome ou senha.

Muitos desses novos recursos surgirão devido ao maior uso de software para controlar o tráfego nas redes sem fio. Para capitalizar isso, a Cisco está aposentando seu switch para redes corporativas mais vendido e lançando um novo que será capaz de executar mais softwares, que a Cisco venderá junto com o equipamento.

Brandon Butler, analista sênior de pesquisa da IDC, disse que faz parte da estratégia de longo prazo da Cisco nos últimos anos obter uma parcela maior de suas vendas de infraestrutura de rede a partir de software, que pode ser vendido por assinatura, uma forma de renda mais estável que vendas de hardware.

Reuters
Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

  • separator
  • 0
  • comentários

Article source: https://www.terra.com.br/noticias/tecnologia/cisco-reformula-equipamentos-para-nova-tecnologia-wifi,2bc84264d85e632d557cc02ed18a08c0omv5gpbr.html