28 de May de 2020

Prefeito Adriano Wolff participa de reunião remota com gestores do CISCO para aprovação da compra de uma máquina perfuratriz

Cariri da Gente é um portal de notícias que tem como foco prioritário as informações da região do Cariri paraibano e da Paraíba.

Article source: https://cariridagente.com/2020/05/prefeito-adriano-wolff-participa-de-reuniao-remota-com-gestores-do-cisco-para-aprovacao-da-compra-de-uma-maquina-perfuratriz/

Investigadores da Cisco alertam para vírus no WhatsApp e Messenger

Os investigadores da equipa de cibersegurança da Cisco, a Talos Intellegence, divulgaram esta terça-feira que existe um novo programa informático que tem como propósito roubar dados de WhatsApp e do Facebook Messenger. Apelidado de “Wolf Rat”, este malware [programa informático malicioso] tem sido direcionado a dispositivos com sistema operativo móvel Android (da Google) na Tailândia.

Para se ser atacado pelo “Wolf Rat”, o utilizador é levado a instalar este malware no smartphone, apresentado ao utilizador como uma atualização para telemóveis por vias não oficiais. Só depois de ocorrer esta instalação é que o dispositivo ficará comprometido. Contudo, a partir do momento em que o “Wolf Rat” é instalado, os hackers podem ter acesso aos dados das aplicações referidas, como mensagens e imagens.

Além de este vírus estar direcionado apenas para dispositivos na Tailândia, os investigadores conseguiram detetar que alguns dos servidores por detrás deste malware estão no mesmo país. De acordo com esta equipa de cibersegurança, o programa malicioso foi criado em 2019 e tem como base um outro direcionado ao WhatsApp que surgiu em 2015.

Article source: https://observador.pt/2020/05/21/investigadores-da-cisco-alertam-para-virus-no-whatsapp-e-messenger/

Cisco faz adequações em ferramenta para atender demanda específica do CNJ

No dia 15 de abril, o Supremo Tribunal Federal realizou sua primeira sessão virtual na história. O marco na transformação digital das instituições públicas brasileiras se deu por conta do isolamento social causado pela pandemia de coronavírus.

As sessões, transmitidas também pelo YouTube, são realizadas por meio da plataforma de videconferência Cisco Webex. O IT Forum 365 conversou com Giuseppe Marrara, diretor de políticas públicas da Cisco do Brasil, para falar sobre as adequações de infraestrutura necessárias pela empresa para se adequarem às necessidades do STF.

O executivo conta que a parceria se deu através de um acordo de cooperação celebrado entre o Conselho Nacional de Justiça e a Cisco, para permitir o retorno da operação dos tribunais durante a pandemia. A gestão operacional da ferramenta está sendo realizada pelo órgão, e o Webex está disponível para todos os tribunais e magistrados.

“Já vínhamos trabalhando próximos a outras entidades do governo. Temos uma divisão de setor público para atendermos exclusivamente o governo. Com a pandemia, processos de transformação que vinham caminhando naturalmente precisaram ser acelerados. O STF é um exemplo dessa transformação”, diz.

Para garantir a infraestrutura necessária para o CNJ, Giuseppe afirma que uma verdadeira força-tarefa de ambos os lados permitiu a implementação da solução. “Foram quatro dias de trabalho para adequar a nossa tecnologia às necessidades do Conselho, que aconteceu em um trabalho em conjunto entre a Cisco e a instituição. Algumas alterações precisaram ser feitas para garantir que atendesse às necessidades do STF”, conta.

Videoconferências

A ferramenta também precisou ser customizada com as salas de reuniões dos juízes e validação de identidade de usuários. “Pegamos todas as etapas de identificação que já existiam em reuniões presenciais e trouxemos para a ferramenta, para garantir a identidade dos participantes nas reuniões digitais. Há uma sala virtual onde o advogado entra, apresenta a OAB, tem o rosto identificado. Depois dessas etapas, aí a pessoa entra na sessão virtual”, explica.

Para diminuir o impacto cultural e de adaptação dos juízes, a Cisco replicou a estrutura do judiciário dentro do Webex. “A estrutura de salas é a mesma do mundo físico, para não termos que criar um novo mindset para os usuários. A mudança é que o que antes era uma sala física que era reservada, hoje é virtual.”

Por uma questão de compliance e segurança, uma das mudanças foi o destino dos conteúdos gravados. Usualmente, videoconferências registradas são armazenadas na nuvem da Cisco. Para o CNJ, a estrutura precisou ser refeita para que as sessões gravadas fossem diretamente para a nuvem da instituição, garantindo que as videoconferências dos magistrados sejam de propriedade única e exclusiva da Instituição.

Para as reuniões do STF, foi criada uma estrutura para garantir que os metadados dos processos estejam descritos nas audiências virtuais. Assim, o sistema de indexação do STF consiga armazenar e encontrar os arquivos quando necessário. “O acesso deles às reuniões virtuais acontece da mesma forma de quando as sessões eram físicas”, garante Giuseppe.

Os acordos foram feitos de forma gratuita, sem ônus para os tribunais de justiça, com validade de 90 dias, podendo ser estendido por igual período, e possibilitam que os órgãos não tenham suas atividades afetadas durante a crise. Para garantir a usabilidade, a Cisco e o CNJ também promoveram webinars de capacitação para todos os usuários, para evitar falhas de uso da ferramenta.

Transformação digital

Segundo dados do CNJ, já há cerca de 10 mil usuários ativos da Plataforma Emergencial de Videoconferência e já foram realizadas mais de 40 mil reuniões pelo Webex, incluindo reuniões de trabalho, audiências e sessões de julgamento, desde o dia 2 de abril.

De acordo com Giuseppe, nos últimos meses, já são mais de 3,5 milhões de novas licenças oferecidas gratuitamente para o Cisco Webex só no Brasil. Os usuários vão desde indivíduos até cidades e estados brasileiros. “São dezenas de órgãos públicos, cidades e estados brasileiros utilizando nossa plataforma para comunicação. Alguns deles já eram nossos clientes antes dessa crise. Agora, atendemos a todos, gratuitamente, oferecendo opções de segurança e colaboração”, diz. Para comportar o crescimento de demanda para soluções de colaboração, a infraestrutura global da Cisco cresceu cerca de 10 vezes nos últimos meses.

“O uso da videoconferência pelo judiciário brasileiro é um importante exemplo de como a tecnologia pode ser uma grande aliada neste momento de crise. A Cisco acredita que extrair o melhor do uso da tecnologia é essencial para que os serviços públicos sejam mantidos, a democracia e o devido processo legal sejam respeitados, bem como Governos, empresas e pessoas superem esse momento tão delicado para toda a humanidade e com os mais altos padrões de segurança e privacidade”, afirma Laércio Albuquerque, presidente da Cisco do Brasil.

O Ministro José Antonio Dias Toffoli, Presidente do CNJ e do STF, também falou sobre a importância da parceria com a empresa de tecnologia. “A cooperação técnica realizada entre o CNJ e a Cisco permitiu que o Judiciário brasileiro pudesse oferecer uma rápida e emergencial resposta à sociedade, no tocante ao acesso aos tribunais e à prática de atos processuais. Um projeto implementado com rapidez, transparência e sem custos. Além disso, mostra que é possível encontrar caminhos a partir do trabalho cooperativo com vista a entrega de um serviço público de qualidade”.

Article source: https://itforum365.com.br/cisco-faz-adequacoes-em-ferramenta-para-atender-demanda-especifica-do-cnj/

Australianos San Cisco desconfinam-se com o vídeo para a nova "On The Line"

Faz a barba se tiveres se tiveres para fazer, escolhe a roupa, limpa a pele, faz a make-up do dia, escolhe a guit… ah espera, escolher a guitarra não é uma instrução para todos. Mas foi para os San Cisco, que lá na Austrália já tiveram permissão para desconfinar. Eles aproveitaram logo e saltaram directos para fazer um novo vídeo.

Os aussies não recorreram a glórias passadas e sacam de uma nova música, “On The Line”, para celebrar este regresso (mais ou menos) normal à vida de antes. A banda tinha lançado já um EP este ano, Flaws EP.

Nas redes sociais, os San Cisco deixam uma palavrinhas de força a que ainda está em zonas problemáticas da pandemia:

We were super excited to be able to come out of isolation and join together as a band for the first time in months to shoot this video. We appreciate that at the moment not everyone is as lucky as us, here in Western Australia, to be able to come together in this way. We really hope that those who can’t, will be able to reconnect with loved ones safely soon.

Article source: https://tracker-magazine.com/australianos-san-cisco-desconfinam-se-com-o-video-para-a-nova-on-the-line/

Global Rede Óptica Síncrona Relatório de mercado 2020 com posicionamento da indústria dos principais players : Cisco Systems Inc, Hewlett-Packard Company, ZTE Corporation

Global Rede ptica S ncrona Market 1

O relatório Global Rede Óptica Síncrona Mercado fornece perspectivas futuras e prognóstico detalhado do mercado Rede Óptica Síncrona. O relatório apresenta os principais eventos do mercado, incluindo as últimas tendências, avanços tecnológicos, oportunidades de crescimento e participantes do mercado como (Cisco Systems Inc (US), Hewlett-Packard Company (US), ZTE Corporation (China), Arista Networks Inc (US), Tejas Networks (India), Juniper Networks Inc (US), ADVA Optical Networking SE (Germany), Huawei Technologies Co Ltd (China), Alcatel-Lucent (France), Vitesse Semiconductor Corporation (US)) no mercado global que ajuda investidores e especialistas do setor a tomar decisões cruciais de negócios. Além disso, este relatório concentra-se no interesse de Rede Óptica Síncrona em desenvolvimento e em todos os fatores vitais que contribuem para o crescimento geral do mercado.

O relatório de mercado Rede Óptica Síncrona fornece alterações de política contempladas marcadas com sucesso, circunstâncias favoráveis, notícias do setor, desenvolvimentos e tendências. A associação pode preparar a totalidade dessas informações para fortalecer sua existência no mercado e agrupa várias partes de informações coletadas de fontes secundárias, incluindo boletins de imprensa, web, revistas e jornais como números, tabelas, gráficos de pizza e gráficos. As informações são verificadas e validadas por meio de entrevistas e questionários primários. Os dados sobre crescimento e tendências se concentram em novas tecnologias, capacidades de mercado, mercados e materiais, ciclo de CAPEX e na estrutura dinâmica do mercado Rede Óptica Síncrona.

Pedido de amostra grátis Relatório @ https://www.syndicatemarketresearch.com/market-analysis/synchronous-optical-networking-market.html#sample

Este estudo analisa o crescimento de Rede Óptica Síncrona com base nos dados atuais, passados e futuristas e fornecerá informações completas sobre o setor Rede Óptica Síncrona aos principais players do mercado que orientarão a direção do mercado Rede Óptica Síncrona através da previsão período. Todos esses players são analisados detalhadamente para obter detalhes sobre seus recentes anúncios e parcerias, produtos/serviços, estratégias de investimento e assim por diante.

O relatório de mercado Rede Óptica Síncrona destaca a região particularmente nos Estados Unidos, Europa, China, Japão, Sudeste Asiático, Índia, América Central e do Sul.

Os principais players importantes no mercado Rede Óptica Síncrona:
Cisco Systems Inc (US), Hewlett-Packard Company (US), ZTE Corporation (China), Arista Networks Inc (US), Tejas Networks (India), Juniper Networks Inc (US), ADVA Optical Networking SE (Germany), Huawei Technologies Co Ltd (China), Alcatel-Lucent (France), Vitesse Semiconductor Corporation (US)

Os tipos de produto de Rede Óptica Síncrona cobertos são:
Multiplexagem por divisão de tempo, multiplexagem por divisão de comprimento de onda densa

As aplicações de Rede Óptica Síncrona cobertas são:
Comunicação, Eletrônica, Defesa

Principais Destaques do Estudo de Mercado Rede Óptica Síncrona:

Previsão de vendas:
O relatório contém receita e volume históricos que apóiam informações sobre a capacidade do mercado e ajudam a avaliar os números de conjecturas para as principais áreas do mercado Rede Óptica Síncrona. Além disso, inclui uma participação de cada segmento do mercado Rede Óptica Síncrona, fornecendo informações metódicas sobre tipos e aplicações do mercado.

Análise Industrial:
O relatório de mercado Rede Óptica Síncrona é extensivamente categorizado em diferentes tipos e aplicativos de produtos. O relatório também apresentou uma seção destacando as informações cruciais sobre as matérias-primas e o processo de fabricação usado no mercado.

Analise competitiva:
Rede Óptica Síncrona relatório de mercado destaca os principais players incluídos no mercado, a fim de fornecer uma visão abrangente dos concorrentes existentes no mercado. O perfil da empresa envolve visão geral dos negócios, perfil da organização, avanços recentes, portfólio de itens e estratégias-chave.

Razões para comprar Rede Óptica Síncrona Relatório de Mercado

• Este relatório oferece uma perspectiva prospectiva de vários fatores que impulsionam ou restringem o crescimento do mercado.
• Realiza uma análise aprofundada para alterar a dinâmica competitiva.
• Apresenta uma análise aprofundada das mudanças na dinâmica da concorrência e coloca você à frente dos concorrentes.
• Ele fornece uma previsão de seis anos avaliada com base em como o mercado deverá crescer.
• Auxilia na tomada de decisões de negócios informadas, fazendo uma análise pontual dos segmentos de mercado e tendo uma visão completa do mercado Rede Óptica Síncrona.
• Este relatório ajuda a compreender os principais segmentos de produtos e seu futuro.

Consultar para comprar o relatório @ https://www.syndicatemarketresearch.com/inquiry/synchronous-optical-networking-market

No final, o mercado Rede Óptica Síncrona é analisado em termos de receita, vendas, preço e margem bruta. Esses pontos são examinados para empresas, tipos, aplicativos e regiões.

Peça uma cópia personalizada do relatório Rede Óptica Síncrona

Agradecemos a você por ler nosso relatório. Se você deseja obter mais detalhes extras do relatório ou deseja personalizar, entre em contato conosco. Você pode obter uma pesquisa completa aqui. Se você tiver requisitos específicos, informe-nos e forneceremos o relatório conforme desejado.

Sobre nós:

Estabelecer um pé forte no setor com todas as abordagens planejadas e táticas certamente não é uma tarefa fácil. Você precisa de muita pesquisa, análise, levar em consideração vários fatores e, acima de tudo, dedicar um tempo valioso a todo o processo. É aqui que o Syndicate Market Research atua como um sistema de suporte para nossos clientes.

Entre em contato:

Sindicato de Pesquisa de Mercado
244 Fifth Avenue, Suite N202
Nova York, 10001, Estados Unidos
+1 347 535 0815 | ID do email: sales@syndicatemarketresearch.com
Site: www.syndicatemarketresearch.com

Article source: http://cmykdigest.com/70825/global-rede-optica-sincrona-relatorio-de-mercado-2020-com-posicionamento-da-industria-dos-principais-players-cisco-systems-inc-hewlett-packard-company-zte-corporation-2/

Novo malware ataca usuários de WhatsApp e Facebook

Pesquisadores do Cisco Talos Intelligence Group alertam para um novo malware para Android. O cdigo malicioso ataca usurios de apps como WhatsApp e Facebook.

Batizado de WolfRAT, ele circula na Tailndia e uma variante do DenDroid, uma ferramenta de acesso remoto cujo cdigo-fonte foi exposto em 2015. O WolfRAT infecta aparelhos por meio de falsas atualizaes de aplicativos e servios populares, como o Google Play.

Depois que o malware instalado, comea a coleta de dados, incluindo captura de fotos e vdeos. Alm disso, o cdigo malicioso tenta interceptar conversas em apps de mensagens.

Article source: https://olhardigital.com.br/fique_seguro/video/novo-malware-ataca-usuarios-de-whatsapp-e-facebook/101037

Cisco lança programa de financiamento para clientes e parceiros durante pandemia


Para garantir a contratação de serviços e produtos (como ferramentas de trabalho remoto) durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19), a Cisco lançou nesta terça-feira, 14, um programa de financiamento de US$ 2,5 bilhões visando sua base de clientes e parceiros.

Batizado como Business Resiliency Program (ou Programa de Resiliência de Negócios), o plano será oferecido através do braço de financiamento da fornecedora norte-americana (a Cisco Capital). Segundo a companhia, a principal motivação da iniciativa é a proteção do fluxo de caixa dos clientes e parceiros em meio à pandemia.

Dessa forma, o programa prevê uma liberação de pagamentos durante os primeiros 90 dias após a contratação, com possibilidade de adiamento, para 2021, de 95% do custo com novos produtos e soluções. Já a partir de janeiro de 2021, os clientes efetuariam um pagamento mensal com base no valor total financiado; eventuais taxas de juros não foram divulgadas.

Todas as soluções da fornecedora estão elegíveis para o programa, incluindo hardware, software e serviços, além de até 5% do valor de serviços fornecidos por parceiros, como instalação. No final de março, a Cisco já havia anunciado a doação de cerca de US$ 225 milhões em dinheiro e em produtos para auxílio no combate ao coronavírus.

Article source: https://teletime.com.br/14/04/2020/cisco-lanca-programa-de-financiamento-para-clientes-e-parceiros-durante-pandemia/

Aguardando definições da Anatel, WiFi 6 será importante durante pandemia, diz Cisco


A Cisco espera que a Anatel defina as condições de uso do espectro de 6 GHz para o WiFi 6 permitir a utilização da conexão mais robusta justamente com o aumento da demanda por Internet durante a crise do coronavírus (covid-19). “É extremamente importante no momento da pandemia, mas também enquanto o Brasil vai na adoção do 5G. Isso vem em boa monta”, afirmou o diretor de políticas públicas da Cisco do Brasil, Giuseppe Marrara, ao TELETIME durante evento online da fornecedora nesta terça-feira, 19.

Segundo Marrara, as questões técnicas de convivência com outros serviços legados, como backhauls de rádio em enlaces satelitais, seriam relativamente de fácil resolução. “A solução que recomendamos é a adoção de low power indoor [baixo consumo de energia em ambientes internos], nos quais o uso da faixa de 6 GHz não gera interferência nenhuma com backhauls ou uplinks de satélite”, diz.

Para o uso externo, ele vê a adoção de técnicas de mitigação. “Nos Estados Unidos tem georreferenciamento das estações, aí você proíbe o WiFi 6 nesses locais. Mas, para indoor, não há impacto algum”, afirma. 

Aprovação da Anatel

No início do mês, a Anatel aprovou a revisão do Regulamento sobre Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita para incluir a possibilidade de uso das faixas de frequência destinadas aos equipamentos WiFi 6. entre 5.925 GHz a 7.125 GHz. O WiFi 6 é o nome “comercial” do padrão 802.11ax, que traz maior robustez do que os atuais padrões de frequência não licenciada do Wi-Fi comum, de 2,4 GHz e 5 GHz.

A Anatel ainda vai especificar até agosto deste ano as condições de uso da faixa. Giuseppe Marrara diz que espera que o modelo adotado pela Anatel seja o norte-americano, com blocos de 60 MHz que permitiriam “velocidades típicas de 1 Gbps”. Porém, ele ressalta: a adoção do padrão no Brasil também vai depender da melhoria da capacidade de transporte de tráfego.

Article source: https://teletime.com.br/19/05/2020/aguardando-definicoes-da-anatel-wifi-6-sera-importante-durante-pandemia-diz-cisco/

Aguardando definições da Anatel, WiFi 6 será importante durante pandemia, diz Cisco


A Cisco espera que a Anatel defina as condições de uso do espectro de 6 GHz para o WiFi 6 permitir a utilização da conexão mais robusta justamente com o aumento da demanda por Internet durante a crise do coronavírus (covid-19). “É extremamente importante no momento da pandemia, mas também enquanto o Brasil vai na adoção do 5G. Isso vem em boa monta”, afirmou o diretor de políticas públicas da Cisco do Brasil, Giuseppe Marrara, ao TELETIME durante evento online da fornecedora nesta terça-feira, 19.

Segundo Marrara, as questões técnicas de convivência com outros serviços legados, como backhauls de rádio em enlaces satelitais, seriam relativamente de fácil resolução. “A solução que recomendamos é a adoção de low power indoor [baixo consumo de energia em ambientes internos], nos quais o uso da faixa de 6 GHz não gera interferência nenhuma com backhauls ou uplinks de satélite”, diz.

Para o uso externo, ele vê a adoção de técnicas de mitigação. “Nos Estados Unidos tem georreferenciamento das estações, aí você proíbe o WiFi 6 nesses locais. Mas, para indoor, não há impacto algum”, afirma. 

Aprovação da Anatel

No início do mês, a Anatel aprovou a revisão do Regulamento sobre Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita para incluir a possibilidade de uso das faixas de frequência destinadas aos equipamentos WiFi 6. entre 5.925 GHz a 7.125 GHz. O WiFi 6 é o nome “comercial” do padrão 802.11ax, que traz maior robustez do que os atuais padrões de frequência não licenciada do Wi-Fi comum, de 2,4 GHz e 5 GHz.

A Anatel ainda vai especificar até agosto deste ano as condições de uso da faixa. Giuseppe Marrara diz que espera que o modelo adotado pela Anatel seja o norte-americano, com blocos de 60 MHz que permitiriam “velocidades típicas de 1 Gbps”. Porém, ele ressalta: a adoção do padrão no Brasil também vai depender da melhoria da capacidade de transporte de tráfego.

Article source: https://teletime.com.br/19/05/2020/aguardando-definicoes-da-anatel-wifi-6-sera-importante-durante-pandemia-diz-cisco/

Covid-19: Cisco observa aumento de tráfego em camadas da Internet



Foto: Pixabay

A Cisco observou um impacto na Internet provocado pelo aumento do isolamento social com a pandemia do coronavírus (covid-19). Porém, segundo representantes da fornecedora comentaram durante evento online nesta terça-feira, 19, enquanto a maioria dos pontos da rede está lidando adequadamente com a demanda, nas camadas de peering, redes de distribuição de conteúdo (CDNs) e data centers há um sinal de alerta para o avanço do tráfego. 

De acordo com o distinguished architect da Cisco, Emerson Moura, a infraestrutura da Internet absorveu bem, embora haja esses pontos de atenção. Isso porque as redes já são desenhadas para atender aos picos de tráfego e suportar o crescimento com pelo menos um ano de antecedência. Com a pandemia, esse aumento aconteceu em questão de duas semanas. Por isso, as redes de acesso estariam com esse “sinal amarelo”. 

Já as redes de agregação, como nós de redes de distribuição de conteúdo e core de rede, não houve impacto. “No peering, que são os pontos de interconexão entre provedores de acesso e de conteúdo, há notícias de um aumento grande”, declara. Da mesma forma, nas CDNs e no data center em geral, houve um crescimento “bastante significativo”.


Mapa de calor da Cisco. Vermelho indica maior estresse na camada.

Infraestrutura

Como o aumento da tráfego depende de variáveis como provedor de serviço, tipo de infraestrutura e cliente na ponta, Moura diz não ser possível identificar se chegou a haver estresse em particular nas redes de distribuição de conteúdo que impactasse no peering ou no tráfego internacional

Mas, segundo respondeu o engenheiro da Cisco ao TELETIME, os tipos de tráfego também indicam se o conteúdo precisou passar por peering e rotas internacionais. Os que têm mostrado maior peso são o streaming de vídeo, o download/atualização de videogames, e o que ele classifica de tráfego dinâmico de aplicações web. “Games tipicamente utilizam CDNs, mas o streaming é o maior usuário. Já a web não passa por essas redes necessariamente”, declara.

No Brasil, o ponto de troca de tráfego IX.br registrou crescimento desde o início da crise do coronavírus. Na semana passada, o PTT bateu o recorde de 11 Tbps – nesta terça-feira, 19, esse volume já está em 11,38 Tbps.

Avanço do tráfego

A companhia observou que na América Latina, o crescimento do tráfego de Internet variou de 20% a 50%, de acordo com a localidade. Mas apenas isso não significa redução da qualidade do serviço. O problema é que há falta de simetria na banda larga. “Em alguns países, boa parte da população tem upstream muito baixa. Aí fica difícil fazer teleconferência”, afirma o leading consulting architect da Cisco, Thomas Kramer. “Muita gente vê que tem problemas no provedor da plataforma, sobretudo quando a infraestrutura de acesso está assimétrica.”

Edge computing em espera

Esse aumento da demanda poderia ser endereçado com edge computing, mas a tecnologia deverá sofrer uma pausa nas implantações. “O que eu vejo com as operadoras com as quais trabalho é que, no momento, elas focam em manter o que está instalado e em ajustes”, afirma Kramer. “É um tema evolutivo, mas isso está ‘on hold’ enquanto tem pandemia”.

Article source: https://teletime.com.br/19/05/2020/covid-19-cisco-observa-aumento-de-trafego-em-camadas-da-internet/