23 de May de 2022

Wall St avança com salto em ações de Cisco e Disney após balanços

Parque da Disney: ações em alta após divulgação de resultados (Foto: Pexels)

As bolsas de valores de Nova York subiam nesta sexta-feira, com balanços favoráveis de Disney e Cisco trazendo o foco de volta para os resultados corporativos ao fim de uma semana de volatilidade que viu aumentos recordes em casos de coronavírus e renovadas esperanças de uma vacina eficaz.

Cisco Systems Inc e Walt Disney Co eram os maiores ganhadores entre os 30 componentes do Dow Jones, ajudando o índice de blue-chips a subir.

A fabricante de equipamentos de rede tinha um salto de 6,3%, com o aumento da demanda impulsionado pelo trabalho em casa, enquanto as ações da Disney subiam 2,2%, com o rápido crescimento de seu negócio de streaming de vídeo e uma recuperação parcial em seus parques temáticos limitando seu prejuízo trimestral.

saiba mais

“Estamos encerrando uma temporada de balanços extremamente forte com um ponto de exclamação no balanço impressionante da Disney”, disse Ryan Detrick, estrategista sênior de mercado da LPL Financial em Charlotte, Carolina do Norte.

“A América corporativa ainda está otimista sobre o futuro, e isso está ajudando na recuperação das ações, além de notícias positivas sobre vacinas no início desta semana.”

A temporada de balanços do terceiro trimestre está em sua reta final, com cerca de 90% das empresas do SP 500 já tendo divulgado resultados até o momento, de acordo com dados Refinitiv IBES. O lucro geral deve cair 7,8% em relação ao ano passado, melhora significativa ante previsão de queda de 21,4% em 1º de outubro.

Às 12:54 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,61%, a 29.258 pontos, enquanto o SP 500 ganhava 0,58835%, a 3.558 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,28%, a 11.743 pontos.

Article source: https://epocanegocios.globo.com/reuters/noticia/2020/11/epoca-negocios-wall-st-avanca-com-salto-em-acoes-de-cisco-e-disney-apos-balancos.html

Cisco e SENAI-SP lançam programa de inovação aberta para startups

O programa ajudará startups a validar e aprimorar seus modelos de negócio e suas soluções (Foto: Reprodução/Pexel)

A Cisco do Brasil e o SENAI-SP anunciaram o lançamento do Programa de Inovação Aberta para Startups. A iniciativa vai selecionar até cinco startups com soluções voltadas à indústria 4.0 e recebe inscrições até o dia 31 de dezembro.

Os empreendedores interessados devem ter projetos em estágio inicial relacionados às áreas de otimização do processo produtivo, manutenção prescritiva ou segurança e redução de riscos. O programa é equity free – ou seja, não exige que as startups abram mão de participações societárias para participar.

O programa tem duração de até seis meses e ajudará as startups selecionadas a validar e aprimorar seus modelos de negócio e suas soluções. Ao final, os empreendedores poderão apresentar seus projetos em um Demo Day.

Os participantes também terão benefícios como uma rede de mentores e profissionais especializados em tecnologia, pesquisa e desenvolvimento; acesso a tecnologias Cisco, às redes SENAI-SP e FIESP de conexão com a indústria e a núcleos de tecnologia, institutos de inovação e ao UpLab, hub de inovação e empreendedorismo do SENAI-SP.

“O programa de Inovação Aberta Cisco-SENAI-SP nasce com a missão de ajudar a transformar a Indústria 4.0, promovendo inovação, gerando negócios e oportunidades, buscando soluções para os principais problemas enfrentados pelo setor”, disse Rodrigo Uchoa, diretor de Transformação Digital da Cisco do Brasil, em comunicado.

É possível acessar mais informações sobre o programa e se inscrever pelo site.

Quer conferir os conteúdos exclusivos edição de dezembro/2020 de Época NEGÓCIOS? Tenha acesso à versão digital.

Quer receber as notícias de Época NEGÓCIOS pelo WhatsApp? Clique neste link, cadastre o número na lista de contatos e nos mande uma mensagem. Para cancelar, basta pedir. Ou, se preferir, receba pelo Telegram. É só clicar neste link.

Article source: https://epocanegocios.globo.com/Empresa/Inovacao-Aberta/noticia/2020/12/cisco-e-senai-sp-lancam-programa-de-inovacao-aberta-para-startups.html

Saiba quais são os cargos em alta, salários e tendências para o mercado de trabalho em 2022

Modelo de trabalho híbrido deve prevalecer nas empresas conforme há retomada de algumas atividades presenciais (Foto: Anna Shvets/Pexels)

Depois da turbulência causada pela pandemia de covid-19, o mercado de trabalho começa a se reestruturar. Tendências de recrutamento, setores em alta e demanda por novas habilidades também aparecem. O momento é de recuperação, com foco nos novos modelos de trabalho e atração dos melhores profissionais, de acordo com o Guia Salarial 2022 da Robert Half.

“Notamos que o foco das empresas está nos novos modelos de trabalho e seus impactos no mundo pós-pandemia”, destaca Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul. “Para o próximo ano, porém, não devemos observar mudanças gritantes nos salários, já que as companhias ainda estão atentas ao impacto da Covid-19 na economia”, pondera.

Outra tendência observada é a valorização de oportunidades em outras cidades ou estados. Segundo o levantamento, 91% dos profissionais afirmaram que trabalhariam remotamente para uma empresa de outra região ou país.”A projeção dessa tendência dependerá de como as empresas vão definir seus modelos de trabalho em um mundo pós-pandemia, mas podemos dizer que o mercado caminha para um modelo híbrido”, ressalta o diretor-geral da Robert Half.

Em sua 14ª edição, o relatório apresenta as principais tendências no mercado de trabalho, além das posições em destaque nas áreas de Engenharia, Finanças e Contabilidade, Jurídico, Mercado Financeiro, Recursos Humanos, Seguros, Tecnologia e Vendas e Marketing.

Confira abaixo:

Setores em alta

De acordo com o Guia Salarial 2022, as indústrias que lideram as contratações são: Tecnologia, Bens de consumo, Varejo, Agronegócio e Logística (destaque, também, para as startups de diferentes segmentos).

Soft Skills sob demanda

As cinco soft skills mais valorizadas são Comunicação, Adaptabilidade, Flexibilidade, Perfil Analítico/Visão Estratégica, Senso de dono/Visão do negócio.

Profissões em alta para 2022

(Fonte: Guia Salarial 2022 da Robert Half/valores em reais)

ENGENHARIA

Indústrias que lideram as contratações: Saúde, Bens de consumo, Tecnologia/Logística, Infraestrutura, Mineração

Profissionais mais procurados: Gerente de Supply Chain, Comprador, Engenheiro de Aplicação/Vendas, Gerente de projetos/PMO, Gerente de vendas técnicas, Coordenador de planejamento, Coordenador de Customer Service, Engenheiro de QSMS, Engenheiro de Produção/Processos

Habilidades técnicas: Idiomas, Domínio de sistema de gestão integrada, Tech skills, Inovação, Visão de negócios, Sustentabilidade

Habilidades comportamentais: Perfil analítico, Facilitador, Equilíbrio emocional, Comunicação, Adaptabilidade

Carreiras do futuro: Piloto de drone, Engenheiro de georreferenciamento, Engenheiro de dados, Engenheiro de inovação

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Gerente de Supply Chain: P/M – R$17.100 a R$27.500; G – R$21.700  a R$34.900

Coordenador de Customer Service: P/M – R$6.200 a R$10.000; G – R$7.800 a R$12.500

Engenheiro de Aplicação/Vendas: P/M – R$5.400 a R$8.800; G – R$7.800 a R$12.500

Engenheiro de Produção/Processos: P/M – R$4.700 aR$ 7.500; G – R$7.000 a R$11.300

FINANÇAS E CONTABILIDADE

Indústrias que lideram as contratações: Tecnologia, E-commerce, Agronegócio, Logística, Infraestrutura, Farmacêutica/Healthcare, Bens de consumo

Áreas mais demandadas: MA/RI/Tesouraria Estruturada, Controller, Contábil/Fiscal, Planejamento Financeiro/Controladoria, Tesouraria/Financeiro

Habilidades técnicas: Automatização de processos, Excel e BI, Modelagem financeira e valuation, ERP de mercado

Habilidades comportamentais: Flexibilidade, Adaptabilidade, Dinamismo, Resiliência, Comunicação

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Analista de MA/RI/Tesouraria Estruturada Pleno: P/M – R$6.000 a R$7.900; G – R$6.950 a R$9.450

Controller: P/M – R$15.150 a R$22.700; G – R$22.850 a R$35.150

Coordenador de Planejamento/Controladoria: P/M – R$9.350 a R$14.250; G – R$12.650 a R$18.450

Analista Contábil/Fiscal Sênior: P/M – R$5.350 a R$8.050; G – R$7.400 a R$10.050

JURÍDICO

Indústrias que lideram as contratações: Tecnologia, Varejo/E-commerce, Serviços, Bens de Consumo, Agronegócios

Posições mais demandadas:

Para escritórios – Advogados especialistas em operações de MA (pleno e sênior), Advogados de Societário e Contratos (pleno e sênior), Advogados de Consultivo Tributário (pleno e sênior), Advogados de Contencioso Cível (pleno e sênior) /

Para empresas – Advogados generalistas (pleno a diretor), Advogados especializados em contratos (pleno), Advogados de compliance

Habilidades técnicas: Visão preventiva, Visão analítica, Inglês fluente, Perfil inovador, Habilidades híbridas aplicadas à área

Habilidades comportamentais: Visão de negócio, Adaptação/Flexibilidade, Agilidade, Resiliência/Inteligência emocional, Comunicação/Gerenciamento de conflitos, Senso de dono/Responsabilidade

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Advogado Empresarial/MA Sênior: P – R$10.700 a R$15.700; M – R$14.800 a R$21.750; G – R$16.450 a R$24.150

Advogado Consultivo Tributário Pleno: P – R$7.400  a R$10.850; M – R$9.450 a R$13.850
G – R$9.850 a R$14.450

Advogado Contencioso Cível Sênior: P – R$9.850 a R$14.500 | M – R$11.550 a R$16.900; G -
R$12.300 a R$18.050

Advogado de compliance Pleno: M – R$8.235 a R$12.059; G – R$9.050 a R$13.300

MERCADO FINANCEIRO

Indústrias que lideram as contratações: Fundos de Private Equity, Assets, Bancos de Investimentos, Meios de Pagamentos, Fintechs

Posições mais demandadas: RM Private, MA (analistas/associados/vp), Crédito corporate (analistas/especialistas), Finanças (diretores/gerentes), Profissionais de áreas regulatórias (analistas/especialistas/gerentes/diretores), Equity Research (analistas)

Habilidades técnicas: Análise estratégica, Novas tecnologias, Idiomas

Certificações mais exigidas: CFA, CGA, CFP, Ancord

Habilidades comportamentais: Flexibilidade, Adaptabilidade, Senso de dono, Comunicação

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Analista de Equity Research: R$14.550 a R$22.200

Analista de Fusões e Aquisições: R$12.250 a R$18.750

Analista de Compliance/Auditoria/Controles Internos: R$11.300 a R$17.300

Gerente de Relacionamento Private: R$21.000 a R$32.100

RECURSOS HUMANOS

Indústrias que lideram as contratações: Tecnologia e Telecom, Startups, Varejo, Bens de consumo, Serviços, Indústria

Posições mais demandadas: Business Partner, Remuneração e Benefícios (analistas sênior/especialistas/coordenadores), Treinamento e Desenvolvimento (analistas sênior/especialistas/ coordenadores), Gerente generalista, Gerente com foco em desenvolvimento organizacional

Habilidades técnicas: Programas de liderança, Estratégias de remuneração, Engajamento e ações de retenção dos profissionais, Inglês fluente, Estratégias de RS

Habilidades comportamentais: Comunicação, Relacionamento interpessoal, Foco em soluções, Visão analítica, Visão de negócios;

Profissões do futuro: People Analytics, Change Management, Especialistas em DEI

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Gerente Business Partner: G – R$19.600 a R$25.950;

Coordenador/Especialista de Remuneração e Benefícios: P/M – R$9.800 a 1R$2.950; G – R$10.600
a R$14.100;

Analista Sênior de Treinamento e Desenvolvimento: P/M – R$6.400 a  R$8.400; G – R$7.250 a R$9.500;

Gerente de Recursos Humanos (P/M): P/M – R$14.450 a R$19.150; G – R$19.600 a R$25.950;

SEGUROS

Segmentos que lideram as contratações: Operadoras de saúde, Seguradoras – grandes riscos, Corretoras, Insurtechs

Posições mais demandadas: Finanças (analistas e gerentes), Atuarial (analistas e especialistas), Comercial (gerentes), Produtos (analistas e gerentes)

Habilidades técnicas: Perfil multiproduto, Perfil comercial resiliente, Inglês fluente

Habilidades comportamentais: Comunicação, Visão estratégica, Flexibilidade, Adaptabilidade

Algumas perspectivas de remuneração em 2022:

Analista de Inovação Digital: R$8.300 a R$12.500

Coordenador Atuarial: R$10.400 a R$14.600

Gerente de Produtos: R$13.800 a R$20.750

Analista de Finanças: R$6.700 a R$10.050

TECNOLOGIA

Indústrias que lideram as contratações: Tecnologia, Mercado financeiro, Varejo, Startups, Logística

Posições mais demandadas: Desenvolvedor Front-End (sênior), Desenvolvedor Full Stack (pleno e sênior), Arquiteto de soluções, Tech Lead, Profissional de infraestrutura (analistas e coordenadores), Profissional de segurança da informação (especialistas a gerentes), Desenvolvedor Back-End (pleno e sênior), DeVops, Product Owner, Profissional de dados

Habilidades técnicas:

Para Desenvolvedores: Java, .net, phyton, react, angular, vue.js, Javascript, HTML, Kotlin, Flutter, Swift

Para Infraestrutura: Cloud, vmware, active directory, Windows server, VPN /

Para Segurança da Informação: preventivo e gestão pós-ataque, conhecimento e adequação à LGPD, conhecimento da ISSO 270001, Metodologias ágeis, Inglês fluente

Certificações mais exigidas: Infraestrutura: COBIT, CCPV / Redes: CCNA, CCNP, ITIL, CISCO/ Segurança: ISSO 270001, PCIDSS, CISSP, compPTIA/ Cloud: Azure, AWS, GoogleCloud

Habilidades comportamentais: Comunicação, Autogerenciamento, Relacionamento interpessoal, Liderança, Flexibilidade

Habilidades comportamentais: Visão de negócios, Comunicação, Relacionamento interpessoal, Agilidade e Inovação

Profissões do futuro: Desenvolvedor Front-End, Desenvolvedor Full Stack, Pentester, Arquiteto de Soluções, Machine Learning

Algumas perspectivas de remuneração em 2022:

Desenvolvedor Front-End Sênior: R$11.550 a R$19.350

Desenvolvedor Full-Stack Pleno: R$8.100 a R$13.550

Desenvolvedor Back-End Pleno: R$6.900 a R$11.600

Especialista/Cientista de dados: R$13.100 a R$21.950

Gerente de Segurança da Informação: R$20.050 a R$33.550

VENDAS E MARKETING

Indústrias que lideram as contratações: Bens de consumo, Varejo, Tecnologia, Startups, Educação, Healthcare, Mídia e Publicidade, Agronegócio

Posições mais demandadas: Executivo de Contas, Coordenador de Marketing Digital, Gerente de e-commerce, Gerente de Marketing Digital, Analista de Marketing Digital, CRM-CX, Vendas internas, Gerente de Produtos Digitais, Analista de Marketing – Marketplace, Analista (CRO)/Martech

Habilidades técnicas: Inglês, Gestão financeira/rentabilidade, Tech skills, Marketing digital, Funil de conversão

Habilidades comportamentais: Comunicação, Equilíbrio emocional, Flexibilidade, Criatividade/Inovação, Teamwork

Profissões do futuro: Analista Martech, Líder Live streamer, Estrutura ligada a Produtos digitais

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

Analista de Marketing Digital: P/M – R$4.100 a R$7.400; G – R$6.200 a R$11.000

CRM/CX: P/M – R$3.100 a R$5.600; G – R$4.800 a R$8.600

Gerente de e-commerce: P/M – R$9.700 a R$17.200; G – R$13.800 a R$24.600

Analista de CRO/Martech: P/M – R$4.800 a R$8.600; G – R$7.600 a R$13.500

Quer conferir os conteúdos exclusivos de Época NEGÓCIOS? Tenha acesso à versão digital.

Article source: https://epocanegocios.globo.com/Carreira/noticia/2021/10/saiba-quais-sao-os-cargos-em-alta-salarios-e-tendencias-para-o-mercado-de-trabalho-em-2022.html

The Flash: Carlos Valdes, o Cisco Ramon, fala sobre sua saída da série

A história de The Flash parece longe de acabar, mas a jornada de Carlos Valdes como Cisco Ramon está chegando ao fim. No episódio da próxima semana, veremos a despedida do herói Vibro, que decidiu deixar a equipe e a cidade de Central City. Agora, Valdes falou sobre o assunto e como foi que ele chegou nesta difícil escolha.

Na próxima semana vai ao ar o episódio “Good-Bye Vibrations” (Adeus Vibrações, em tradução livre), em que veremos Cisco e sua namorada Kamila deixando a equipe do velocista escarlate após uma última aventura.

Em uma entrevista ao CB, Valdes falou sobre como é difícil deixar a série, mas que isso faz parte do personagem:

“Essa é uma pergunta difícil. Eu sinto que houve uma espécie de sinergia perfeita entre a trajetória de Cisco com a minha trajetória enquanto pessoa,” disse. “Eric Wallace [roteirista e showrunner da série] meio que tem colocado essas novas energias na série, e elas honestamente são incríveis, uma vez que não apenas revitalizam a história, mas também melhoram as dinâmicas do elenco de uma forma interessante. Mas eu acho que o Cisco meio que tinha essa ideia dentro dele de não estar muito certo sobre as responsabilidades que ele tinha na equipe. Eu acho que essa ideia começou a ser trabalhada quando ele escolheu tomar uma cura e deixar seus poderes para trás, o que trouxe muita controvérsia [para a história].” 

Ele continuou:

“Mas eu acho que a decisão dele de meio que deixar isso de lado e criar sua própria coisa, meio que ter mais dele mesmo com a Kamila. Eu acho que essa nova energia na história, com as novas pessoas da equipe [Flash] fez com que ele tomasse essa decisão mais tranquilamente. E sabe, Cisco tem muito orgulho do trabalho que ele faz, da tecnologia que ele cria. Ele tem muito orgulho dos trajes dele. E eu acho que quando o Chester chegou, ele viu alguém que era tão equipado para tomar essas responsabilidades e trabalhar essas especialidade que, eu acho, isso permitiu que ele tomasse essa decisão.” 

Cisco está deixando The Flash.

Falando sobre sua escolha enquanto ator, Valdes disse:

“E o mesmo aconteceu comigo. Ver o novo pessoal que chegou na nossa série, isso também me ajudou a tomar minha decisão. Eu eventualmente, em certo ponto, me dei conta de que ‘Oh, eu não estou mais com medo de mudar porque a série é forte e os novatos vão assumir seu posto e fazer ela ser melhor do que já era.’”

Junto de Carlos Valdes, o ator Tom Cavanagh (o Flash Reverso e Harrison Wells em suas diversas versões) também está deixando The Flash. Pelo visto, o futuro da série vai trazer muita novidade e a conclusão de muitas histórias.

Veja também:

Article source: https://www.legiaodosherois.com.br/2021/the-flash-carlos-valdes-o-cisco-fala-sobre-saida.html

Guia Salarial Robert Half: confira os cargos em alta e as principais tendências do mercado de trabalho para 2022

Mesmo após 20 meses desde a data em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou oficialmente a pandemia, ela segue responsável pela aceleração de uma série de mudanças que estão ditando os rumos das relações de trabalho no mundo.

O momento, no entanto, é de recuperação e reestruturação, com foco nos novos modelos de trabalho, atração e retenção dos melhores profissionais.

É o que aponta o novo Guia Salarial 2022 da Robert Half. O estudo apresenta as principais tendências de recrutamento, setores em alta, habilidades técnicas e comportamentais mais demandadas, além das posições em destaque nas áreas de Engenharia, Finanças e Contabilidade, Jurídico, Mercado Financeiro, Recursos Humanos, Seguros, Tecnologia e Vendas e Marketing. 

“Estamos passando por um período de aquecimento do mercado e retomada dos negócios. Notamos que o foco das empresas está nos novos modelos de trabalho e seus impactos no mundo pós-pandemia. Para o próximo ano, porém, não devemos observar mudanças gritantes nos salários, já que as companhias ainda estão atentas ao impacto da Covid-19 na economia”, destaca Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul.

SETORES EM ALTA

De acordo com o guia, as indústrias que lideram as contratações são: tecnologia, bens de consumo, varejo, agronegócio e logística.

SOFT SKILLS

O mercado corporativo exige cada vez mais dos profissionais características que vão muito além das habilidades técnicas.

As cinco soft skills mais valorizadas são: comunicação, adaptabilidade, flexibilidade, perfil analítico/visão estratégica, senso de dono/visão do negócio.

ATRAÇÃO E RETENÇÃO

A maior parte dos recrutadores, cerca de 69%, acredita que encontrar colaboradores qualificados será cada vez mais difícil.

Essa situação requer que as empresas estejam atentas às suas ofertas e revejam seus pacotes de remuneração e benefícios para que seja possível atrair os melhores talentos do mercado.

Além disso, com o aquecimento do mercado é importante olhar para dentro de casa. Quase metade dos executivos tem receio de perder algum profissional-chave no próximo ano e entre os principais motivos estão: abordagem mais agressiva da concorrência, aumento da pressão por resultados e insatisfação com o salário.  

MERCADO SEM FRONTEIRAS

A evolução do trabalho remoto foi capaz de abrir novas opções de emprego para os brasileiros, tanto em outras cidades e estados quanto fora do Brasil.

Por parte dos profissionais, a possibilidade foi bem recebida, visto que 91% deles afirmaram que trabalhariam remotamente para uma empresa de outra região ou país.  

“A projeção dessa tendência dependerá de como as empresas vão definir seus modelos de trabalho, mas podemos dizer que o mercado de trabalho caminha para um modelo híbrido nos segmentos e áreas em que essa modalidade é viável”, ressalta o diretor-geral.

Além de permitir o acesso a talentos de qualquer lugar e diversificar o leque de candidatos, o modelo de trabalho híbrido também é o mais desejado pelos funcionários atualmente, que passaram a valorizar mais as horas de trabalho flexíveis e as medidas de desempenho fundamentadas na realização de objetivos.

Nessa realidade, 63% dos colaboradores disseram querer trabalhar mais vezes em casa do que no escritório e 38% declararam que procurariam um novo emprego se a empresa não oferecesse uma opção, ao menos, parcialmente remota.  

ATENÇÃO ÀS OPORTUNIDADES

Com o avanço da vacinação em massa no país, as perspectivas tornam-se mais positivas e a visualização de um mundo pós-pandemia mais palpável.

Muitas empresas estão lutando para encontrar capital humano com as habilidades, técnicas e comportamentais, necessárias para apoiar as novas prioridades de negócios que ganharam força nos últimos meses.

PROFISSÕES EM ALTA PARA 2022

ENGENHARIA

Indústrias que lideram as contratações: saúde, bens de consumo, tecnologia, logística, infraestrutura, mineração.

Profissionais mais procurados: gerente de supply chain, comprador, engenheiro de aplicação/vendas, gerente de projetos/PMO, gerente de vendas técnicas, coordenador de planejamento, coordenador de customer service, engenheiro de QSMS, engenheiro de produção/processos.

Habilidades técnicas: idiomas, domínio de sistema de gestão integrada, tech skills, inovação, visão de negócios, sustentabilidade.

Habilidades comportamentais: perfil analítico, facilitador, equilíbrio emocional, comunicação, adaptabilidade.

Carreiras do futuro: piloto de drone, engenheiro de georreferenciamento, engenheiro de dados, engenheiro de inovação.

Perspectivas de remuneração para 2022:

  • Gerente de Supply Chain: P/M – 17.100 | 22.000 | 27.500; G – 21.700 | 28.000 | 34.900
  • Coordenador de Customer Service: P/M – 6.200 | 8.000 | 10.000; G – 7.800 | 10.000 | 12.500
  • Engenheiro de Aplicação/Vendas: P/M – 5.400 | 7.000 | 8.800; G – 7.800 | 10.000 | 12.500
  • Engenheiro de Produção/Processos: P/M – 4.700 | 6.000 | 7.500; G – 7.000 | 9.000 | 11.300

FINANÇAS E CONTABILIDADE

Indústrias que lideram as contratações: tecnologia, e-commerce, agronegócio, logística, infraestrutura, farmacêutica/healthcare, bens de consumo.

Áreas mais demandadas: MA/RI/tesouraria estruturada, controller, contábil/fiscal, planejamento financeiro/controladoria, tesouraria/financeiro.

Habilidades técnicas: automatização de processos, excel e BI, modelagem financeira e valuation, ERP de mercado.

Habilidades comportamentais: flexibilidade, adaptabilidade, dinamismo, resiliência, comunicação.

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

  • Analista de MA/RI/Tesouraria Estruturada Pleno: P/M – 6.000 | 7.000 | 7.900; G – 6.950 | 8.000 | 9.450
  • Controller: P/M – 15.150 | 18.700 | 22.700; G – 22.850 | 28.500 | 35.150
  • Coordenador de Planejamento/Controladoria: P/M – 9.350 | 12.000 | 14.250; G – 12.650 | 15.000 | 18.450
  • Analista Contábil/Fiscal Sênior: P/M – 5.350 | 7.000 | 8.050; G – 7.400 | 9.000 | 10.050

JURÍDICO

Indústrias que lideram as contratações: tecnologia, varejo/e-commerce, serviços, bens de consumo, agronegócios.

Posições mais demandadas: advogados especialistas em operações de MA (pleno e sênior), advogados de societário e contratos (pleno e sênior), advogados de consultivo tributário (pleno e sênior), advogados de contencioso cível (pleno e sênior), advogados generalistas (pleno a diretor), advogados especializados em contratos (pleno), advogados de compliance.

Habilidades técnicas: visão preventiva, visão analítica, inglês fluente, perfil inovador, habilidades híbridas aplicadas à área.

Habilidades comportamentais: visão de negócio, adaptação/flexibilidade, agilidade, resiliência/inteligência emocional, comunicação/gerenciamento de conflitos, senso de dono/responsabilidade.

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

  • Advogado Empresarial/MA Sênior: P – 10.700 13.000 15.700; M – 14.800 | 18.000 | 21.750; G – 16.450 | 20.000 | 24.150
  • Advogado Consultivo Tributário Pleno: P – 7.400 | 9.000 | 10.850; M – 9.450 | 11.500 | 13.850 G – 9.850 | 12.000 | 14.450
  • Advogado Contencioso Cível Sênior: P – 9.850 12.000 14.500 | M – 11.550 | 14.000 | 16.900; G – 12.300 | 15.000 | 18.050
  • Advogado de compliance Pleno: M – 8.235 | 10.000 | 12.059; G – 9.050 | 11.000 | 13.300

MERCADO FINANCEIRO

Indústrias que lideram as contratações: fundos de private equity, assets, bancos de investimentos, meios de pagamentos, fintechs.

Posições mais demandadas: RM Private, MA (analistas/associados/vp), crédito corporate (analistas/especialistas), finanças (diretores/gerentes), profissionais de áreas regulatórias (analistas/especialistas/gerentes/diretores), equity research (analistas).

Habilidades técnicas: análise estratégica, novas tecnologias, idiomas.

Certificações mais exigidas: CFA, CGA, CFP, Ancord.

Habilidades comportamentais: flexibilidade, adaptabilidade, senso de dono, comunicação.

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

  • Analista de Equity Research: 14.550 | 18.000 | 22.200
  • Analista de Fusões e Aquisições: 12.250 | 15.200 | 18.750
  • Analista de Compliance/Auditoria/Controles Internos: 11.300 | 14.000 | 17.300
  • Gerente de Relacionamento Private: 21.000 | 26.000 | 32.100

RECURSOS HUMANOS

Indústrias que lideram as contratações: tecnologia e telecom, startups, varejo, bens de consumo, serviços, indústria.

Posições mais demandadas: business partner, remuneração e benefícios (analistas sênior/especialistas/coordenadores), treinamento e desenvolvimento (analistas sênior/especialistas/ coordenadores), gerente generalista, gerente com foco em desenvolvimento organizacional.

Habilidades técnicas: programas de liderança, estratégias de remuneração, engajamento e ações de retenção dos profissionais, Inglês fluente, Estratégias de RS.

Habilidades comportamentais: comunicação, relacionamento interpessoal, foco em soluções, visão analítica, visão de negócios.

Profissões do futuro: people analytics, change management, especialistas em DEI.

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

  • Gerente Business Partner: G – 19.600 | 23.000 | 25.950;
  • Coordenador/Especialista de Remuneração e Benefícios: P/M – 9.800 | 11.500 | 12.950; G – 10.600 | 12.500 | 14.100;
  • Analista Sênior de Treinamento e Desenvolvimento: P/M – 6.400 | 7.500 | 8.400; G – 7.250 | 8.500 | 9.500;
  • Gerente de Recursos Humanos (P/M): P/M – 14.450 | 17.000 | 19.150; G – 19.600 | 23.000 | 25.950;

SEGUROS

Segmentos que lideram as contratações: operadoras de saúde, seguradoras, grandes riscos, corretoras, insurtechs.

Posições mais demandadas: finanças (analistas e gerentes), atuarial (analistas e especialistas), comercial (gerentes), produtos (analistas e gerentes).

Habilidades técnicas: perfil multiproduto, perfil comercial resiliente, inglês fluente.

Habilidades comportamentais: comunicação, visão estratégica, flexibilidade, adaptabilidade.

Algumas perspectivas de remuneração em 2022:

  • Analista de Inovação Digital: 8.300 | 11.200 | 12.500
  • Coordenador Atuarial: 10.400 | 13.000 | 14.600
  • Gerente de Produtos: 13.800 | 18.500 | 20.750
  • Analista de Finanças: 6.700 | 9.000 | 10.050

TECNOLOGIA

Indústrias que lideram as contratações: tecnologia, mercado financeiro, varejo, startups, logística.

Posições mais demandadas: Desenvolvedor Front-End (sênior), Desenvolvedor Full Stack (pleno e sênior), arquiteto de soluções, tech lead, profissional de infraestrutura (analistas e coordenadores), profissional de segurança da informação (especialistas a gerentes), desenvolvedor Back-End (pleno e sênior), DeVops, product owner, profissional de dados.

Habilidades técnicas: Java, .net, phyton, react, angular, vue.js, Javascript, HTML, Kotlin, Flutter, Swift, cloud, vmware, active directory, Windows server, VPN, preventivo e gestão pós-ataque, conhecimento e adequação à LGPD, conhecimento da ISSO 270001, metodologias ágeis, inglês fluente.

Certificações mais exigidas: COBIT, CCPV, CCNA, CCNP, ITIL, CISCO, ISSO 270001, PCIDSS, CISSP, compPTIA, Azure, AWS, GoogleCloud.

Habilidades comportamentais: comunicação, autogerenciamento, relacionamento interpessoal, liderança, flexibilidade.

Habilidades comportamentais: visão de negócios, comunicação, relacionamento interpessoal, agilidade e inovação.

Profissões do futuro: desenvolvedor Front-End, desenvolvedor full stack, pentester, arquiteto de soluções, machine learning.

Algumas perspectivas de remuneração em 2022:

  • Desenvolvedor Front-End Sênior: 11.550 | 15.000 | 19.350
  • Desenvolvedor Full-Stack Pleno: 8.100 | 10.500 | 13.550
  • Desenvolvedor Back-End Pleno: 6.900 | 9.000 | 11.600 
  • Especialista/Cientista de dados: 13.100 | 17.000 | 21.950
  • Gerente de Segurança da Informação: 20.050 | 26.000 | 33.550

VENDAS E MARKETING

Indústrias que lideram as contratações: bens de consumo, varejo, tecnologia, startups, educação, healthcare, mídia e publicidade, agronegócio.

Posições mais demandadas: executivo de contas, coordenador de marketing digital, gerente de e-commerce, gerente de marketing digital, analista de marketing digital, CRM-CX, vendas internas, gerente de produtos digitais, analista de marketing, analista (CRO)/martech.

Habilidades técnicas: inglês, gestão financeira/rentabilidade, tech skills, marketing digital, funil de conversão.

Habilidades comportamentais: comunicação, equilíbrio emocional, flexibilidade, criatividade/inovação, teamwork.

Profissões do futuro: analista martech, líder live streamer, estrutura ligada a produtos digitais.

Algumas perspectivas de remuneração para 2022:

  • Analista de Marketing Digital: P/M – 4.100 | 6.000 | 7.400; G – 6.200 | 9.000 | 11.000
  • CRM/CX: P/M – 3.100 | 4.500 | 5.600; G – 4.800 | 7.000 | 8.600
  • Gerente de e-commerce: P/M – 9.700 | 14.000 | 17.200; G – 13.800 | 20.000 | 24.600
  • Analista de CRO/Martech: P/M – 4.800 7.000 8.600; G – 7.600 | 11.000 | 13.500

Apoia-se

Article source: https://www.economiasc.com/2021/11/29/guia-salarial-robert-half-confira-os-cargos-em-alta-e-as-principais-tendencias-do-mercado-de-trabalho-para-2022/

Hackers exploram bug do Microsoft Windows Installer mesmo com patch lançado em…

Pesquisadores da Cisco identificaram que hackers conseguem explorar bug do Windows Installer da Microsoft mesmo em sistemas com patch lançado em novembro pela Microsoft. A falha pode ser explorada para dar a um invasor direitos de administrador em um sistema comprometido, de acordo com publicação do site ZDNet.

A Microsoft lançou um patch para a falha de elevação de privilégio no componente Windows Installer para implantação de aplicativo empresarial (CVE-2021-41379) em novembro. O bug teve uma classificação “importante” e uma pontuação de gravidade de apenas 5,5 em 10.

No entanto, de acordo com pesquisadores de malware do Talos, grupo de inteligência da Cisco, a falha não estava sendo explorada ativamente quando foi descoberta, mas está agora.

Ao contrário do que diz a Microsoft, a Cisco relata que o bug pode ser explorado até mesmo em sistemas com o patch. A Microsoft havia dito que um invasor só seria capaz de excluir arquivos direcionados em um sistema e não obteria privilégios para visualizar ou modificar o conteúdo dos arquivos, diz o ZDNet.

Porém, Jaeson Schultz, do Cisco Talos, diz que “essa vulnerabilidade permite que um invasor com uma conta de usuário limitada eleve seus privilégios para se tornar um administrador”. “Esta vulnerabilidade afeta todas as versões do Microsoft Windows, incluindo o Windows 11 e o Server 2022 totalmente corrigidos. O Talos já detectou amostras de malware à solta que estão tentando tirar proveito dessa vulnerabilidade”, diz Schultz.

De acordo com a publicação, Abdelhamid Naceri, pesquisador que relatou o CVE-2021-41379 para a Microsoft, testou sistemas corrigidos e em 22 de novembro publicou um código de exploração de prova de conceito no GitHub, que mostra que funciona apesar das correções da Microsoft. Ele também funciona em versões de servidor do Windows afetado, incluindo o Windows Server 2022, diz o site.

“O código que a Naceri lançou aproveita a lista de controle de acesso discricionário (DACL) para o Microsoft Edge Elevation Service para substituir qualquer arquivo executável no sistema por um arquivo MSI, permitindo que um invasor execute o código como administrador”, escreve Shultz, da Cisco.

Ele acrescenta que esse “código de exploração de prova de conceito funcional certamente conduzirá a abusos adicionais dessa vulnerabilidade”.

Naceri diz que não há solução alternativa para esse bug além de outro patch da Microsoft. No entanto, a Microsoft ainda não reconheceu a nova prova de conceito de Naceri e ainda não disse se vai lançar um patch para ele, destaca a publicação.

Com informações de ZDNet

Article source: https://computerworld.com.br/seguranca/hackers-exploram-bug-do-microsoft-windows-installer-mesmo-com-patch-lancado-em-novembro/

AB Concessões tem vagas para TI e cyber security

Currículos devem ser enviados até o dia 1 de dezembro

A AB Concessões, grupo do qual a AB Colinas, concessionária do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, faz parte, abriu processo seletivo para contratação de especialista em governança de TI e especialista de cyber security.

Para a primeira vaga, a empresa pede:

  • Experiência com avaliações utilizando framework de mercado (NIST, CIS, ISO, PCI e outros);
  • Conhecimento avançado em sistemas e tecnologias de segurança;
  • Experiência na elaboração de políticas e normativas de segurança da informação;
  • Vivência com as leis e regulamentações externas; (SOX, LGPD e outros);
  • Conhecimento em metodologias ágeis, Governança de dados e ferramentas;
  • Superior completo em Administração, Engenharia, TI ou áreas correlatas.

Diferencial:

  • Pós-Graduação em Governança de dados, LGPD, CyberSecurity e afins.
  • Certificações em Segurança; (ex.: LGPD, Security+, CEH, CHFI, dentre outras)

Os interessados em participar do processo seletivo devem enviar um e-mail de inscrição com o currículo atualizado para [email protected] até o dia 01 de dezembro, com o assunto GOVERNANÇA TI.

A empresa oferece salário fixo em regime CLT, vale alimentação, plano de saúde em nível estadual, plano odontológico, participação de lucros e resultados, além de diversos programas de desenvolvimento pessoal.

Para a segunda vaga, é preciso:

  • Experiência com avaliações utilizando framework de mercado (NIST, CIS, ISO e outros);
  • Conhecimento profundo em Segurança da Informação e Cyber Segurança (SIEM, EDR) e produtos (NGFW, WAF, IDP/IPS e outros);
  • Monitoramento periódico de vulnerabilidades e conformidades para mitigação e prevenção de possíveis riscos de segurança cibernéticos (Nessus, Qualys) – Threat Inteligence;
  • Coordenação e liderança de RedTeam e BlueTeam (SOC);
  • Suporte ao atendimento de incidentes de segurança, interação acelerada com os times de resolução e apoio operacional (MSS);
  • Participação nos Squads de desenvolvimento, embarcando segurança desde à concepção e protagonizando as ações de segurança durante as esteiras de desenvolvimento e testes para aumentar a segurança das aplicações (DevsecOps);
  • Superior completo em Administração, Engenharia, TI ou áreas correlatas;

Diferencial:

  • Sistemas Operacionais: MCSA, MCSE, RHCSA, RHCE, LPI;
  • Storage: SNIA;
  • VMWare: VCA, VCP, VCAP, VCDX;
  • FORTINET: NSE1 a NSE6;
  • Redes: CISCO, CCNA SECURITY.
  • Certificações em Segurança:  Security+, CEH, CHFI, dentre outras

Resumo das atividades: Sua responsabilidade será executar as ações relacionadas à segurança da informação e cyber segurança em conformidade com as políticas e procedimento, bem como, planejar e executar, mudanças programadas no ambiente, avaliar e executar integrações com outros ambientes, propor e executar melhorias, atuar em troubleshooting do ambiente, reportar anomalias e incidentes e manter documentado topologia de todo o ambiente. Você deve possuir conhecimento técnico profundo em implementação e troubleshooting nas áreas de Redes e Segurança da informação, com uso específico em ferramentas condizentes às áreas, em versões recentes.

A principal atuação será na resolução de problemas relacionados à Cyber Segurança e segurança da informação, infraestrutura de TI e conhecimentos em geral em redes (LAN, SAN, WAN), storage (NAS, DAS, SAN), firewall (SD-WAN, IDS, IPS, WAF, Application Control), antivírus, antispam, backup (Dedup), sistemas operacionais, etc;

Os interessados em participar do processo seletivo devem enviar um e-mail de inscrição com o currículo atualizado para [email protected] até o dia 01 de dezembro, com o assunto CYBER SECURITY.

Article source: https://jornaldeitu.com.br/2021/11/29/ab-concessoes-tem-vaga-para-ti-e-cyber-security/

Podcast A+: Educação inclusiva – desafios de quem tem dislexia no Brasil

O novo episódio do Podcast A+ trata do mapa da dislexia no Brasil (Bússola/Divulgação)

Por Bússola

O novo episódio do Podcast A+ traz o debate promovido pela Bússola sobre o mapa da dislexia no Brasil.

Um em cada 20 brasileiros tem baixa habilidade de decodificação e soletração e, por isso, dificuldades no reconhecimento preciso das palavras e na compreensão de texto. Déficits cognitivos com prejuízo à leitura caracterizam a dislexia, um transtorno específico da aprendizagem, de origem neurobiológica, que atinge de 5% a 15% da população mundial, segundo a Associação Americana de Psiquiatria.

Para compreender melhor os impactos que esse transtorno do neurodesenvolvimento gera na vida dos cerca de 10 milhões de brasileiros disléxicos e de seus familiares e identificar caminhos que ajudem a superar desafios e tornar a sociedade mais inclusiva, acaba de ser lançado um estudo inédito sobre o perfil da dislexia no país.

O mapeamento foi conduzido pelo Instituto ABCD, organização social com o propósito de promover projetos para melhorar a vida de pessoas com dislexia e outros transtornos de aprendizagem, em parceria com a Cisco, líder mundial em tecnologia da informação, e o Instituto IT Mídia, organização voltada para transformar realidades por meio da educação e da tecnologia.

A pesquisa revelou uma série de barreiras para o apoio e o desenvolvimento de quem sofre do transtorno no Brasil. Obstáculos que incluem diagnóstico tardio, falta de informação, carência de profissionais preparados para lidar com a questão nas redes públicas de saúde e de educação, e custo elevado para acompanhamento especializado. O estudo mostrou também que a situação se agravou ainda mais na pandemia, com quase 80% das famílias sem orientações no período para realizar as adaptações necessárias à rotina escolar.

O levantamento reforçou ainda a importância da tecnologia como aliada de estudantes com dislexia. Um dos recursos disponíveis é o EduEdu, aplicativo gratuito de alfabetização e reforço escolar, com soluções tecnológicas acessíveis, desenvolvido pelo Instituto ABCD.

Em pouco mais de uma hora de live no YouTube da Exame, foram debatidos os principais achados do mapa da dislexia no país e foram propostas ações inclusivas capazes de efetivamente ajudar e acolher pessoas com transtorno específico da aprendizagem. Com mediação do jornalista Rafael Lisbôa, diretor da Bússola, o bate-papo reuniu Juliana Amorina, diretora-presidente do Instituto ABCD; Ana Luiza Navas, uma das pesquisadoras responsáveis pelo estudo e professora de Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo; Vitor Cavalcanti, diretor-geral do Instituto IT Mídia; e Gabrielle de Andrade, coordenadora do Grupo Mães do Brasil Dislexia e fundadora da Associação Mato-Grossense de Dislexia.

Escute abaixo o episódio, e ainda pelo Spotify ou Apple Podcasts. A edição é de Guilherme Baldi.

 O Podcast A+ faz parte da plataforma Bússola, uma parceria entre a Revista Exame e o Grupo FSB.

Assine os Boletins da Bússola

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Mais da Bússola:

 

Article source: https://exame.com/bussola/podcast-a-educacao-inclusiva-desafios-de-quem-tem-dislexia-no-brasil/

Comstor apoia integração Cisco Webex e Box em Portugal

A Comstor, distribuidor de valor acrescentado totalmente focado em soluções Cisco, apoia o reforço da parceria entre a Cisco Webex, e a Box, líder em Content Cloud.

Estas duas últimas anunciaram novas e aprofundadas integrações entre as duas plataformas tecnológicas para permitir aos clientes uma melhoria da eficácia e segurança no trabalho na cloud, uma melhoria que vai ajudar a adoção destas duas soluções em território nacional.

A nova integração das duas ferramentas vai permitir aos utilizadores ligar uma pasta Box à sua escolha no sistema de mensagens Webex, e qualquer conteúdo partilhado no espaço será adicionado à mesma pasta Box de uma forma segura. Além disso, os utilizadores vão poder aceder à Webex como uma aplicação recomendada dentro da Box, e visualizar a atividade da aplicação Webex no preview da Box.
Para a Comstor, esta nova integração vem tornar ambas as aplicações ainda mais poderosas, tornando-se numa das referências de produtividade na cloud.

Pedro Teixeira, Technical Account Manager da Comstor, refere: “O trabalho remoto e a cloud ganharam uma importância extrema nos últimos tempos, e esta nova integração vai ajudar as empresas a serem ainda mais produtivas e seguras”.

Comstor Cisco Webex Box Portugal

Entre as principais novidades do alargamento da parceria estão:

Ligar pastas da Box a um espaço Webex: Num ambiente de trabalho em constante mudança, é mais importante do que nunca que as equipas sejam capazes de trabalhar de forma eficaz a partir de qualquer lugar. Para facilitar aos clientes o acesso e partilha de conteúdos Box na Webex, os utilizadores vão poder ligar uma pasta Box à sua escolha no serviço de mensagens Webex, e qualquer conteúdo partilhado no espaço será adicionado à mesma pasta Box. A segurança e conformidade de nível empresarial da Box é aplicada a todo o seu conteúdo, mesmo quando este é colocado na Webex e noutras aplicações de terceiros. Espera-se que esta nova integração esteja disponível no final deste ano.

Webex como uma aplicação recomendada Box: Na WebexOne 2020, a Cisco anunciou as melhorias Box na integração Webex, que permite a comunicação presencial e a partilha fácil de conteúdos diretamente a partir da Box. Isto incluiu a Webex como uma aplicação recomendada na Box Preview. Esta nova integração permite aos utilizadores iniciar ou agendar uma reunião Webex e partilhar conteúdos dentro de um espaço Webex — tudo sem sair da Box. A nova funcionalidade melhora a experiência dos colaboradores à medida que mais empresas começam a fazer a transição para um ambiente de trabalho híbrido.

Atividade da aplicação Webex na Box Preview: A Box App Activity oferece aos utilizadores uma visão unificada do que está a acontecer aos seus ficheiros em todas as suas aplicações na Box Preview. Qualquer partilha do conteúdo da Box na Webex será também refletida na Box App Activity. Isto permite aos utilizadores saberem a qualquer altura onde está o conteúdo e como está a ser partilhado.

Recebe toda a atualidade tecnológica no TecheNet diretamente no teu email, basta subscrever a nossa Newsletter e podes receber todas as novidades em primeira mão.

Outros artigos interessantes:

Article source: https://www.techenet.com/2021/06/comstor-integracao-cisco-webex-box-portugal/

Cisco, ACATE e Teltec Solutions anunciam parceria para promover e desenvolver cidades e espaços inteligentes em Florianópolis

Fotos: Divulgação

Passeio Primavera: aqui será instalado o Primavera Smart Space, fruto da parceria entre Cisco, ACATE e Teltec Solutions

A primeira iniciativa é a criação do laboratório vivo de inovação, o Primavera Smart Space, que reunirá tecnologias inovadoras para espaços e cidades inteligentes. Patrocínio da Cisco também inclui ações como promoção de eventos, treinamentos e encontros sobre o tema.

Como parte do seu programa de aceleração digital, Brasil Digital e Inclusivo, a Cisco tem apoiado o ecossistema de inovação brasileiro em diferentes setores e anuncia agora o patrocínio a um dos principais polos de inovação e tecnologia do país, a ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia).

A empresa também anunciou parceria com a associação e a Teltec Solutions para apoiar o desenvolvimento e promoção de espaços e cidades inteligentes.

O patrocínio prevê a realização de ações conjuntas como pesquisas, eventos, treinamentos, encontros e demais iniciativas sobre a digitalização de cidades e espaços urbanos.

A Cisco desenvolve e oferece soluções tecnológicas que contribuem para a transformação destes espaços, proporcionando experiências inovadoras alinhadas com a evolução das cidades e dos novos ambientes de trabalho. 

A primeira iniciativa da parceria é o projeto Primavera Smart Space, que contempla o desenvolvimento de um laboratório vivo de inovação e de espaços inteligentes.

Fruto da parceria com a associação e Teltec, o laboratório será instalado dentro do Passeio Primavera e do CIA, o centro de inovação da ACATE.

O objetivo é demonstrar o potencial das novas tecnologias digitais e de serviços urbanos inteligentes, assim como experimentar e desenvolver novas soluções de espaços e cidades inteligentes em parceria com o ecossistema de inovação de Santa Catarina.

A iniciativa também pretende promover a inovação e colaborar com o ecossistema de startups locais para desenvolver e estimular pesquisas, testes, análises, treinamentos e compartilhar as boas práticas do uso de tecnologias aplicadas a cidades, comunidades, polos tecnológicos, centros de inovação, edifícios e espaços inteligentes.

O laboratório incluirá tecnologias de conectividade, segurança cibernética, segurança física, IoT (Internet das Coisas), sensores urbanos, entre outras, que contribuem para transformar o centro de inovação ACATE Primavera em um espaço mais inteligente, trazendo não só benefícios para a administração do condomínio como também mais conforto e segurança para as pessoas e organizações que habitam e visitam o espaço.

A ACATE é a principal representante do empreendedorismo inovador em Santa Catarina e reconhecida como um dos principais polos de tecnologia e inovação do Brasil.

O seu Centro de Inovação, CIA Primavera, é um habitat de inovação com dezenas de empresas de tecnologia associadas, além de abrigar um ecossistema de startups incluindo, espaço de coworking, fundos de investimento e locais para eventos, contando com uma completa infraestrutura de serviços e empreendimentos de apoio para quem trabalha e frequenta o local.

“Da mesma forma que a transformação digital foi uma mudança que se acelerou nas empresas com a pandemia, temos o compromisso como cidadãos em ajudar a agilizar a transformação da forma como vivemos, trabalhamos, estudamos, nos divertimos em nossas cidades, proporcionando novos ambientes de sustentabilidade e colaboração”, destaca Iomani Engelmann Gomes, presidente da ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia).

A iniciativa inicia-se em Florianópolis (SC), mas tem planos de expandir ações para outras regiões do país.


Article source: http://www.portaldailha.com.br/noticias/lernoticia.php?id=52779/cisco-acate-e-teltec-solutions-anunciam-parceria-para-promover-e-desenvolver-cidades-e-espacos-inteligentes-em-florianopolis